Folha de S.Paulo

Seis dicas para identificar bons anúncios de imóveis


OLHO VIVO

Encontrar um bom anúncio em um classificado de imóveis, seja on-line ou impresso, é uma tarefa que exige atenção do consumidor.

"O melhor anúncio é aquele que o próprio cliente gostaria de ter preenchido, com as especificações do seu imóvel ideal", diz Frederico Alves, presidente do BemDireto, ferramenta que busca agilizar a procura por imóveis na internet.

Confira algumas dicas para identificar um bom anúncio e evitar armadilhas e perda de tempo.

O QUE

O anúncio deve trazer o maior número possível de informações sobre o imóvel, como área construída (ou privativa, no caso de apartamentos), número de quartos (e suítes, se tiver), banheiros, salas, vagas de vagarem e eventuais estruturas externas (como piscina, sauna e churrasqueira). "Imóveis sem detalhamentos não informam o que deveriam, deixando o cliente sem um norte, além de não otimizarem o tempo de quem procura", diz Alves.

DESDE QUANDO

Saber a "idade" do imóvel ajuda a prever como será a periodicidade das manutenções necessárias. Imóveis mais antigos tendem a requer cuidados mais frequentes.

ONDE

Um ditado americano diz que os três critérios mais importantes na compra de um imóvel são "location, location, location". A localização é um dos fatores que determina o grau de valorização da unidade. Com essa informação em mãos, é possível saber quais são os serviços e a infraestrutura próximos ao imóvel, bem como fazer estimativas de tempo de descolamento –para a escola ou o trabalho, por exemplo.

QUANTO

Além do valor solicitado pelo imóvel, seja para aluguel ou compra, o anúncio deve conter o valor aproximado do IPTU e, no caso dos edifícios, o do condomínio. Os preços de lançamentos não costumam aparecer nos anúncios, neste caso é necessário entrar em contato com os corretores para se informar.

COMO

Anúncios que têm fotos podem ser mais confiáveis, mas é preciso ficar atento à veracidade das imagens. A não ser que seja um empreendimento em lançamento, imagens de folders ou perspectivas podem não representar verdadeiramente o imóvel. Na observação das fotos, priorize critérios de "arquitetura" –como pisos, armários e o tamanho das janelas– antes de olhar detalhes de decoração, porque é necessário imaginar o imóvel vazio.

QUEM

Verifique se há meios de contatar o anunciante, preferencialmente em diferentes plataformas (telefone, celular, e-mail etc). Isso demonstra interesse no atendimento ao cliente e torna mais fácil e rápida a interação.

Fontes: portais imobiliários Urby e BemDireto