Folha de S.Paulo

O que você precisa saber sobre o Super Bowl, maior evento esportivo dos EUA


Maior evento esportivo dos Estados Unidos, o Super Bowl acontece neste domingo (5), às 21 horas. O New England Patriots pode conquistar o título pela quinta vez desde 2001 apoiado nos lançamentos do quarterback Tom Brady. Zebra, o Atlanta Falcons chega pela segunda vez à final e tenta a primeira conquista. Para o Brasil, o jogo será transmitido pela ESPN Brasil e Esporte Interativo

O New England Patriots é uma das maiores dinastias da história dos esportes norte-americanos. O Super Bowl deste ano é o sétimo da equipe desde 2001. Foram quatro títulos (2001, 2003, 2004 e 2014).

Segunda franquia mais valiosa da NFL (avaliada em US$ 3,4 bilhões), o Patriots se tornou vencedor a partir da chegada do técnico Bill Belichik e do draft do quarterback Tom Brady, em 2000.

Financiado pelo bilionário Robert Kraft, o time acumula polêmicas, além das vitórias. Em 2007, foi punido pela NFL por filmar jogadas e sinais usados pelos técnicos do New York Jets durante uma partida, o que é proibido. Belichik recebeu multa de US$ 500 mil, a maior da história do futebol americano. Kraft teve de pagar US$ 250 mil e ainda perdeu o direito de fazer uma escolha na primeira rodada do draft de 2008, quando os atletas que saem das universidades são selecionados.

Na final de conferência de 2015, contra o Indianapolis Colts, o Patriots usou bolas que estavam com pressão abaixo da permitida pelas regras da NFL, o que facilita para o quarterback segurar e lançá-la. Pela violação, Tom Brady foi suspenso por quatro jogos em 2016.

Quando começou a temporada, o Atlanta Falcons não estava entre os favoritos para conquistar o Super Bowl. As casas de apostas pagavam 80/1. O apostador que colocou US$ 100 no título da equipe vai receber US$ 8 mil se esta ganhar no domingo (5).

Sem tradição vencedora, o time chegou apenas uma vez à decisão. Em 1999, foi derrotado pelo Denver Broncos por 34 a 19, quando também era considerado grande zebra. Um dia antes do Super Bowl, um dos principais jogadores do elenco, o free safety Eugene Robinson, foi preso por solicitar os serviços de uma prostituta.

Na próxima temporada, o Falcons vai abrir novo estádio, com capacidade para 71 mil pessoas. Também será usado pelo Atlanta United, da Major League Soccer. A construção da arena foi US$ 1,5 bilhão.

O Falcons chegou ao Super Bowl apoiado no ataque, o mais positivo da NFL. Na temporada regular, a equipe percorreu 4.725 jardas em passes e 1.928 jardas no jogo corrido.

Tom Brady é o nome mais famoso da NFL e um dos maiores da sua posição em todos os tempos. Neste domingo (5), ele pode se tornar o primeiro quarterback a vencer o Super Bowl cinco vezes. Ele se igualaria a Bart Starr, ex-quarterback do Green Bay Packers, no número de títulos da NFL. Starr jogou antes da era do Super Bowl, iniciada em 1967.

Casado com a modelo brasileira Gisele Bündchen, Brady tem o recorde de vitórias nos playoffs (24). Quando foi draftado, não era uma das maiores apostas. Foi selecionado pelo Patriots na sexta rodada, a 199a escolha do draft.

Matt Ryan desde o início foi uma grande revelação. Foi a terceira escolha geral do draft de 2008, feita pelo Atlanta Falcons e o primeiro quarterback da equipe a lançar para mais de três mil jardas na temporada de estreia. Em 2016, ele e o wide receiver Julio Jones formaram a primeira dupla da história da NFL a lançar para mais de 500 jardas e receber mais de 300 jardas na mesma partida.

Bill Belichik se tornou conhecido na NFL como coordenador defensivo. Foi assim que conquistou os primeiros dois Super Bowls da carreira, com o New York Giants, em 1986 e 1990. Ao assumir o cargo de técnico do Patriots, em 2000, começou a montar as peças da equipe que se tornaria uma das mais vencedoras da história do esporte. Ele acumula as funções de treinador e gerente geral, responsável pelas trocas, contratações e escolhas no draft.

Neste domingo, Belichik vai se tornar o recordista em Super Bowls como técnico. Será a sétima participação. Atualmente, ele está empatado com Don Shula.

Dan Quinn, técnico do Atlanta Falcons, também tem origem defensiva. Era o coordenador quando o Seattle Seahawks venceu o Super Bowl de 2014, contra o Denver Broncos. Também trabalhou com jogadores de defesa no San Francisco 49ers, Miami Dophins e New York Jets.

Ele gosta de usar exemplos de lutas de boxe para seus jogadores. Nesta semana, mostrou para o elenco do Falcons vídeos do combate que ficou conhecido como Rumble in the Jungle ("Luta na selva", em inglês). Em 1974, no Zaire, Mohammed Ali entrou como zebra para enfrentar o campeão George Foreman e o nocauteou.

É a segunda vez que o Super Bowl acontece no NRG Stadium, em Houston. O New England Patriots já conquistou um título no estádio. Em 2004, derrotou o Carolina Panthers por 32-29. A partida é lembrada também pelo show do intervalo com Janet Jackson e Justin Timberlake. Parte da roupa da cantora caiu e deixou um seio à mostra. Isso fez com que a TV norte-americana, na final do ano seguinte, transmitisse a parte musical com alguns segundos de delay para cortar a imagem caso acontecesse problema semelhante.

O NRG Stadium tem capacidade para 71.795 pessoas e é usado pelo Houston Texas na NFL.

Houston foi sede do Super Bowl também em 1974. No Rice Stadium, construído pela Universidade de Rice, o Miami Dophins derrotou o Minnesota Vikings por 24 a 7.

Além de Matt Ryan, o Atlanta Falcons aposta no wide receiver Julio Jones. Uma das principais armas ofensivas da NFL, ele recebeu passes para 180 jardas e dois touchdowns na final de conferência da NFC contra o Green Bay Packers.

Chris Hogan igualou os números de Jones na final de conferência da AFC: 180 jardas de recepção e dois touchdowns diante do Pittsburgh Steelers. Ao contrário do adversário do Falcons, Hogan teve problemas para se firmar e passou por San Francisco 49ers, New York Giants e Buffalo Bills antes de chegar ao Patriots.