Folha de S.Paulo

Seria o fim da democracia, diz Joaquim Barbosa sobre embate entre Senado e STF


O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa diz que ficou aliviado com o recuo do Senado, que não confrontou a corte no caso de suspensão do mandato de Aécio Neves (PSDB-MG). "Seria o fim da democracia no Brasil", diz. "Seria o início de um processo de venezuelização."

VELHOS TEMPOS
Para ele, o Supremo tem a última palavra nesses casos. "Político revogando decisão judicial é coisa de ditadura."

AGORA SIM
Barbosa vai nesta quinta (5) à palestra de Barack Obama promovida pelo jornal "Valor" e pelo banco Santander. Em 2011, quando o americano veio ao país, ele não foi convidado pelo governo de Dilma Rousseff para nenhum dos eventos com o então presidente dos EUA.

Leia a coluna completa aqui.