Folha de S.Paulo

Engenheiro larga a profissão e cria a microcervejaria Bersi, em Jundiaí


A cervejaria paulista em destaque acabou de aterrissar no mercado: a Bersi, de Jundiaí, é literalmente fresquinha. Começou suas operações em agosto deste ano. E, como muitos iniciantes, é cigana e faz uso das instalações da fábrica da Blondine, em Itupeva (pertinho de Jundiaí), para engarrafar seus dois rótulos.

A história da Bersi é semelhante à de outras microcervejarias. Daniel Bersi, o chefão, é formado em engenharia. Ele trabalhava em sua área enquanto fazia as panelas de cerveja em casa, como hobby, após fazer um curso de "homebrew" de um dia em São Paulo. "Nunca mais parei de estudar e ler sobre o assunto", diz ele, que largou a profissão.

O estilo pale ale (american ou india) normalmente é um dos escolhidos para a turma que entra no mercado no Brasil (ao lado das cervejas de trigo). Com a Bersi não foi diferente. Entre seus dois títulos, há a Cadillac Ranch, uma american pale ale feita com três lúpulos americanos —a receita não tem muito amargor (são apenas 35 IBUs, na escala até cem).

A outra é Volúpia, uma belgian golden strong com 8,5% de teor alcoólico. De coloração dourada, ela ganha uma fermentação na garrafa, intensificando seus aromas.

A terceira? Daniel está trabalhando em um novo estilo e espera lançá-lo no ano que vem. Está perto.

LÚPULO ÚNICO
A Dogma acaba de lançar o terceiro rótulo da série "single hop". Depois da Citra e da Mosaic, chegou a vez da Azzaca Lover, uma imperial IPA com 85 IBUs.

CADILLAC RANCH
Apesar da generosidade com o lúpulo (são três tipos, todos americanos), essa american pale ale tem amargor pouco acentuado: apenas 35 IBUs na escala até cem

Teor alcoólico 5,5%, R$ 19,99 (310 ml), na Beer4U, Vila Madalena, (tel. 3031-6599)

VOLÚPIA
Bersi inspirou-se no clássico estilo belga para fazer essa belgian golden strong ale (estilo da Duvel, por exemplo), com coloração dourada e leve picância no final

Teor alcoólico 8,5%, R$ 22 (310 ml), na Mestre Cervejeiro, Moema, (tel. 2548-7543)