Folha de S.Paulo

Caixa de 36 CDs registra turnê de 1966 em que Bob Dylan era xingado


Bob Dylan já havia lançado dois discos em 1965 ("Bringing It All Back Home" e "Highway 61 Revisited") e sete compactos nos quais tocava guitarra, em vez de violão.

Mas os fãs ainda não acreditavam. Para eles, ele deveria sempre ser o compositor folk, o cantor de baladas de protesto -raivosas no conteúdo, mas mansas na forma.

Em 16 de maio de 1966, sairia o terceiro álbum dessa trilogia elétrica, o duplo "Blonde on Blonde". E em meio a isso, ele se meteu em uma turnê mundial na qual ouviria muxoxos, vaias, gritos e manchetes de "Judas" (em Manchester, Inglaterra), "onde está o verdadeiro Dylan?" (Sydney, Austrália), "volte para casa" (Paris, França) e "traidor" (essa foi por todo lado).

A fábrica Dylan de gravações vintage lança agora todos os shows que conseguiu recuperar daquela turnê, que começou em fevereiro nos EUA, seguiu para a Austrália, Escandinávia e França e terminou na Inglaterra em maio.

É uma caixa com 36 CDs, alguns com gravações de baixa qualidade. Outros são melhores: quatro shows foram gravados pela Columbia na tentativa de produzir um álbum ao vivo (não lançado).

Os CDs são quase idênticos em vários sentidos: mesmas músicas, mesmas discussões com a plateia, mesmas embalagens (uma foto do cantor em ação, sem nada escrito). E o histórico show de Manchester nem é inédito.

Pelo registro histórico, é bom saber que essa caixa existe. Mas por que alguém a compraria? É uma resposta que nem o vento está soprando.

PARTE 1 - ACÚSTICA
Dylan sozinho com violão

"She Belongs to Me" 1965
"Fourth Time Around" 1966
"Visions of Johanna" 1966
"It's All Over Now, Baby Blue" 1965
"Desolation Row" 1965
"Just Like a Woman" 1966
"Mr. Tambourine Man" 1965

PARTE 2 - ELÉTRICA
Dylan com guitarra e a banda The Hawks

"Tell Me, Momma" 1966 (inédita em disco)
"I Don't Believe You" 1964
"Baby, Let Me Follow You Down" 1962
"Just Like Tom Thumb's Blues" 1965
"Leopard-Skin Pill-Box Hat" 1966
"One Too Many Mornings" 1964
"Ballad of a Thin Man" 1965
"Like a Rolling Stone" 1965

THE 1966 LIVE RECORDINGS
ARTISTA Bob Dylan
GRAVADORA Sony
QUANTO US$ 150 (R$ 507) em bobdylan.com (mais cerca de R$ 500 em taxa de importação)