Folha de S.Paulo

Firma de advocacia dos EUA convoca investidor que teve perda com Gerdau


O escritório de advocacia norte-americano Lundin Law PC anunciou nesta quinta-feira (16) a convocação de investidores que sofreram perdas de mais de US$ 100 mil com papéis da Gerdau, reforçando o grupo de firmas jurídicas dos Estados Unidos que tentam processos coletivos contra o grupo siderúrgico brasileiro.

Segundo comunicado divulgado pelo escritório, a convocação refere-se às acusações contra a Gerdau no âmbito da Operação Zelotes, da Polícia Federal, que investiga suspeitas de manipulação de julgamentos no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais).

"A investigação envolve preocupações de que a companhia violou as seções 10 (b) e 20 (a) da lei de ativos mobiliários (dos EUA). Especificamente, a investigação vai focar na acusação da Polícia Federal do Brasil de que a Gerdau sonegou US$ 429 milhões em impostos", afirmou o escritório.