Folha de S.Paulo

Jogo de loteria poderá ser feito pela internet por todos os apostadores


As apostas nas loterias da Caixa Econômica Federal poderão ser feitas pela internet a partir do ano que vem.

Na terça-feira (3), a Caixa confirmou que está desenvolvendo um portal de comercialização das loterias, mas disse que ainda não tem data para colocar o novo sistema no ar.

Segundo informações obtidas pela reportagem, a intenção é passar a vender jogos de loteria pela internet para apostas mínimas de R$ 20 por cartão de crédito.

Hoje, apenas correntistas da Caixa conseguem fazer apostas on-line na MegaSena. Os outros jogos não estão disponíveis.

De acordo com o presidente da Febralot (Federação Brasileira de Empresas Lotéricas) e do Sincoesp (Sindicato de Lotéricas de São Paulo), Jodismar Amaro, o assunto está realmente em andamento no banco e pode "quebrar a rede lotérica". Isso porque a rede tem, hoje, uma comissão de 9% sobre os jogos feitos presencialmente, mas, de acordo com ele, a Caixa quer diminuir o percentual para 3% nos jogos on-line.

Segundo o sindicato, 105 lotéricas foram fechadas somente neste ano no país, contra 64 em 2016. Na terça, a Caixa divulgou uma arrecadação de mais de R$ 9,97 bilhões das loterias entre janeiro e setembro deste ano.

JOGOS ON-LINE
Como funciona hoje

- Por enquanto, somente correntistas da Caixa podem fazer apostas on-line

- A aposta é feita em internetbanking.caixa.gov.br ou por aplicativo da Caixa no celular

- Em seguida, o cliente clica em "Mega Sena" e, depois, em "Apostar"

- O valor da aposta é debitado automaticamente da conta