Folha de S.Paulo

Corpos de 74 migrantes são encontrados em praia na Líbia


Os corpos de ao menos 74 migrantes foram levados pela maré até uma praia na costa da Líbia, informou nesta terça-feira (21) o Crescente Vermelho.

Segundo a agência humanitária, os corpos foram encontrados na véspera, eram todos de adultos, em sua maioria homens e vindos de países da África Subsaariana.

A Líbia é o principal ponto de partida de migrantes que tentam atravessar o Mediterrâneo, muitas vezes em embarcações frágeis, em busca de asilo na Europa.

Segundo o Acnur (Alto Comissariado da ONU para Refugiados), entre 2015 e 2016, as viagens pelo Mediterrâneo central, geralmente iniciadas na Líbia, subiram de aproximadamente 150 mil para 180 mil, e o número de mortos cresceu de 2.800 para mais de 4.400.

A maior parte dos viajantes do Mediterrâneo central foge da violência em países da África subsaariana, como Nigéria e Eritreia. Ele viajam até a Líbia, onde embarcam com destino à Europa. O país vive há seis anos uma guerra civil e, na prática, não possui governo capaz de estabelecer controles costeiros.