Folha de S.Paulo

Na Argentina, Obama encontra Macri e tem agenda política carregada


O ex-presidente dos EUA e prêmio Nobel da Paz, Barack Obama, chega nesta sexta-feira pela manhã (6) a Córdoba, a segunda cidade mais importante da Argentina, para encerrar a Cúpula de Economia Verde, evento que reúne mais de 300 empresários e formadores de opinião para discutir energias renováveis e mudança climática.

Obama é um dos três prêmios Nobel que integram a programação —os outros dois são os economistas Eric Maskin e Edmund Phelps.

Após a palestra, ele viaja a Buenos Aires, onde será assediado por políticos de ambos os flancos. Na mesma noite, será o principal convidado de um jantar que reunirá os mais importantes empresários do país e políticos tanto do governo –como o chefe de gabinete da Presidência, Marcos Peña, e o chefe de governo da cidade de Buenos Aires, Horacio Rodríguez Larreta— como da oposição, representados por governadores peronistas.

No sábado (7), Obama terá um encontro privado e informal com o presidente Mauricio Macri, com quem travou amizade desde sua visita ao país, em março de 2016, quando ainda ocupava a Casa Branca.

Naquela ocasião, Obama e Michelle dançaram tango e passearam com as filhas por Bariloche acompanhados do mandatário argentino, de sua mulher, Juliana Awada, e da filha do casal, Antonia.

Veja vídeo

Para o sábado, está previsto que Obama, que desta vez viaja sem a família, visite o líder argentino na Quinta de Olivos, residência oficial da Presidência. Dali, a dupla seguirá para uma das propriedades dos Macri no campo, onde pode disputar uma partida de golfe ou de tênis.

Entre os líderes latino-americanos, Macri é o que tem hoje as melhores relações com os EUA. Além da visita de Obama, que impulsionou investimentos e promoveu a abertura de arquivos relacionados à última ditadura militar (1976-1983) que se encontravam sob sigilo em Washington, Macri recebeu recentemente o atual vice-presidente americano, Mike Pence.

Em abril, Macri viajou a Washington para encontrar Donald Trump, a quem conhece há mais de 20 anos por causa de negócios imobiliários.