Folha de S.Paulo

Demanda pelo iPhone X gera fila de espera de um mês nos Estados Unidos


A pré-venda do iPhone X, liberada na sexta-feira (27) nos Estados Unidos, foi recebida com alta procura por fãs da marca.

Dez minutos após o site abrir as vendas, a estimativa de entrega foi de 3 de novembro, data do lançamento oficial, para até quatro semanas depois.

O preço é US$ 999 (R$ 3.233), mais alto que todos os modelos que o antecederam. Em 2016, o iPhone 7 chegou ao mercado pelo valor de US$ 649.

O iPhone X tem aparência diferente dos outros iPhones, sem botão "home" e com tela infinita. Por não ter botão, a Apple aposta em tornar o reconhecimento facial o padrão para desbloqueio. Os recursos de inteligência artificial foram enfatizados no lançamento do iPhone X e 8 em setembro.

Ainda não há estimativa de quando começa a venda do iPhone X no Brasil, mas a Apple promete a chegada do produto antes do fim do ano.

Na sexta, a marca liberou a pré-venda no Brasil do iPhone 8 e iPhone 8 Plus, com preço a partir de R$ 3.500 à vista.

O modelos foram lançados globalmente em 22 de setembro, e parte do mercado considerou o desempenho das vendas decepcionante —o resultado oficial ainda não foi divulgado pela fabricante.

Os rumores de baixa demanda levaram a uma queda das ações da Apple em meados de outubro.