• Banco de Dados

    Monday, 18-Dec-2017 14:32:03 BRST

    SP: passado e presente

    Inaugurado há 70 anos e desde 68 na Paulista, Masp já viu até rainha

    EDGAR SILVA
    DE SÃO PAULO

    27/09/2017 05h00

    1968/Folhapress
    SAO PAULO, SP, BRASIL, 08-12-2011: Vista do Museu de Arte de Sao Paulo (MASP), na Avenida Paulista, que completa 120 anos nesta quinta-feira, 8 de Dezembro de 2011. (Foto: Gabo Morales/Folhapress, COTIDIANO)
    Vista da construção do museu projetado por Lina Bo Bardi; Masp, na avenida Paulista
    Gabo Morales - 8.dez.2011/Folhapress
    SÃO PAULO, SP, BRASIL, 00-00-1968: Vista da construção do MASP (Museu de Arte de São Paulo), em São Paulo (SP). (Foto: Folhapress)
    Vista da construção do Masp

    Um dos cartões-postais de São Paulo, presente na avenida mais badalada da cidade, o Masp (Museu de Arte de São Paulo) completará 70 anos no próximo dia 2.

    Instalado primeiramente na rua 7 de Abril, na sede dos "Diários Associados", do empresário Assis Chateaubriand, o museu tal como é conhecido só foi inaugurado em 7 novembro de 1968.

    A inauguração contou com presença da rainha Elizabeth 2ª, da Inglaterra, o prefeito Faria Lima e o governador Abreu Sodré.

    "É para mim, motivo de especial satisfação inaugurar este magnífico Museu de Arte. A sua beleza, a simplicidade e a perícia com que foi construído tornam-no mais um impressionante exemplo do espírito de iniciativa dos paulistas", disse a rainha durante discurso de inauguração.

    Projetado pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi e tombado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), em 2003, o edifício destaca-se pelo vão-livre de 74 metros.

    No atual endereço, levou nove anos para ser construído e é considerado um marco da história da arquitetura do século 20. Com base no uso do vidro e do concreto, Lina Bo Bardi criou uma arquitetura de superfícies ásperas e sem acabamentos luxuosos. O famoso vão-livre foi pensado para ser uma praça para uso da população.

    Além de o museu ser uma referência na cidade, palco de exposições, feiras e desfiles de moda, é em frente ao Masp que é dada a largada da Corrida de São Silvestre e que manifestações de diferentes entidades e matizes acontecem.

    Eduardo Ortega/Divulgação
    Vista da Pinacoteca do Masp, em 2015. (Foto: Eduardo Ortega) *** FOTO USO RESTRITO ***
    Vista da Pinacoteca do Masp, em 2015

    O Masp possui um acervo de obras abrangente e rico. Atualmente, o museu tem cerca de 10 mil obras. Destas, 128 estão na pinacoteca e outras nove na exposição "Toulouse-Lautrec em Vermelho", que estará aberta somente até 1º de outubro.

    O museu conta também com pinturas de Eugène Delacroix, Pierre-Auguste Renoir, Claude Monet, Édouard Manet, Paul Cézanne e Toulouse-Lautrec.

    Na próxima segunda-feira (2), data oficial de aniversário, o museu estará aberto com entrada gratuita, além de horário estendido, das 10h às 20h.

    NÚMEROS DO MASP
    Área: 12 mil m²
    Pavimentos: 5
    Vão livre: 74 m
    Acervo: cerca de 10 mil obras
    Visitação: 408 mil em 2016

    QUANDO de ter. a dom., das 10h às 18h; qui., até 20h; até 1º/10
    ONDE Masp, av. Paulista, 1.578, tel. (11) 3149-5959
    QUANTO R$ 30, grátis às terças

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017