• Banco de Dados

    Saturday, 21-Oct-2017 13:38:39 BRST

    há 50 anos

    Ex-delegado mata jornalista que o denunciou em esquema ilegal

    DO BANCO DE DADOS

    02/10/2017 01h40

    Folhapress
    Primeira página da Folha de S.Paulo de 2 de outubro de 2017. (Foto: Folhapress)
    Primeira página da Folha de S.Paulo de 2 de outubro de 2017

    O advogado José Maria Tupinambá Moscoso matou a tiros o jornalista Otelino Nova Alves na praça João Lisboa, em São Luís (MA), neste domingo (1º).

    O crime foi motivado por reportagens publicadas pelo redator no "Jornal Pequeno", que acusavam o assassino de envolvimento no contrabando de uísque, na época em que ele era delegado de polícia. As publicações motivaram a demissão de Tupinambá Moscoso, em abril.

    O governador do Maranhão, José Sarney, pediu ao secretário de Segurança Pública que se faça cumprir a lei e que, o quanto antes, o criminoso seja punido.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017