• Colunistas

    Sunday, 22-Oct-2017 20:53:00 BRST
    Adriana Gomes

    Atenção aos sinais da sua empresa

    01/03/2015 01h31

    É muito importante, profissionalmente, saber ler os sinais do ambiente de trabalho. Foram muitas as ocasiões em que escutei de profissionais desligados das empresas onde trabalhavam, que foram surpreendidos pela demissão.

    Toco novamente nesta questão delicada, pois em função do momento econômico haverá necessidade de adequação dos quadros funcionais e você pode ser preservado se estiver atento.

    Não quero dizer com isso que a demissão será evitada, por que há ocasiões em que a sobrevivência do negócio exige medidas drásticas. Pensando em economia, é melhor uma empresa operando e gerando bens e ou serviços do que uma quebrada e falida que não gera nada além de prejuízos.

    A sua autoavaliação, honesta, sobre como e quanto está se dedicando ao trabalho é fundamental. Por isso farei algumas perguntas para que você, leitor, possa fazê-la.

    Você faz o seu melhor? Atende bem aos clientes? Você sabe quando faz o seu trabalho bem feito também pelo reconhecimento das pessoas envolvidas.

    Você contribui com ideias e sugestões para melhoria dos projetos e processos nos quais está envolvido? Seu gestor reclama com frequência do trabalho ou de atrasos?

    Mais algumas perguntas: Tem percebido que suas tarefas e envolvimento em novos projetos estão diminuindo? Quando é solicitado a fazer alguma atividade diferente sua resposta costuma ser "não" -seja por insegurança ou falta de interesse?

    Quando as questões estiverem mais direcionadas ao relacionamento com o gestor, vale a pena tentar uma conversa sincera, no sentido de pedir algum apoio e demonstrar interesse por melhorar.

    Quando se sabe o que e como melhorar, pode haver futuro para você na organização. Precisará haver empenho e demonstração genuína de melhoria, pois atitudes como essa são muito bem vistas. Entretanto se as questões forem relacionadas ao segmento do mercado ou a dificuldades na gestão do negócio, vale a pena começar a pensar em buscar novas oportunidades. É melhor buscar emprego enquanto ainda está trabalhando e, cuide da sua reserva financeira.

    adriana gomes

    Escreveu até junho de 2016

    Mestre em psicologia, coordena o Núcleo de Estudos e Negócios em Desenvolvimento de Pessoas da ESPM.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017