• Colunistas

    Sunday, 22-Oct-2017 17:04:13 BRST
    Antonio Prata

    Poesia, atualizações

    07/05/2017 02h00

    Adams Carvalho

    Feice... Feice?
    Melhor não tê-lo!
    Mas se não o temos
    Como sabê-lo?
    Que de consulta
    Quanto silêncio
    Quanto o queremos!

    *

    No meio do caminho tinha um post
    tinha um post no meio do caminho
    tinha um post
    no meio do caminho tinha um post

    Nunca me esquecerei desse acontecimento
    na vida de minhas retinas tão fatigadas
    Nunca me esquecerei que no meio do caminho tinha um post
    tinha um post no meio do caminho
    no meio do caminho tinha um post.

    *

    Lutar com comments
    é a luta mais vã
    Entanto lutamos
    mal rompe a manhã.

    *

    João dava like em Teresa que dava super-like em Raimundo
    que jogava charme em Maria que dava match com Joaquim que hackeava os nudes da Lili
    que não dava like em ninguém.
    João foi para uma praia sem internet, Teresa entrou num detox digital,
    Raimundo ficou sem bateria, Maria saiu do Tinder,
    Joaquim foi preso pela Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos e Lili casou com J. Pinto Fernandes
    que não tinha entrado no Stories.

    *

    Vês! Ninguém repercutiu o formidável
    Tuíte com tua última zoeira.
    Somente a Marinão –essa paquera–
    Foi tua seguidora inseparável!

    Acostuma-te à infâmia que te espera!
    O Homem, que, nesta rede miserável,
    Scrolla, entre feras, sente inevitável
    Necessidade de também ser fera.

    Toma o iPhone. Faz selfie com enfado!
    O like, amigo, é a véspera do escárnio,
    Mouse que afaga é o mesmo que trolleja.

    Se a alguém causa inda riso a tua piada,
    Trolla esse mouse vil que ora te afaga,
    Escarra nesse like que corteja!

    *

    Facebook, Twitter, Instagram e suores noturnos.
    A vida inteira que podia ter sido e não foi.
    Posta, posta, posta.

    Mandou chamar o médico:
    - Diga trinta e três.
    - Trinta e três... Trinta e três... Trinta e três...
    Respire

    ............................................

    O senhor tem haters em toda a esquerda e na direita é mega-queimado.

    - Então, doutor, não é possível tentar um Google+?
    - Não. A única coisa a fazer é baixar um tango argentino

    *

    Andorinha lá fora está dizendo:
    - Passei o dia no céu, no céu.
    Andorinha, andorinha, minha canção é mais triste:
    - Passei a vida no cel., no cel.

    antonio prata

    É escritor. Publicou livros de contos e crônicas, entre eles 'Meio Intelectual, Meio de Esquerda' (editora 34).
    Escreve aos domingos.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017