• Colunistas

    Sunday, 17-Dec-2017 03:52:43 BRST
    Mônica Bergamo

    Bruno Barreto deixa direção de filme sobre vida de João Carlos Martins

    30/09/2015 02h00

    O filme sobre a vida do maestro João Carlos Martins, anunciado há quatro anos, não levará mais a assinatura do diretor Bruno Barreto. Os dois divergiram em relação ao roteiro. Ele agora será dirigido por Mauro Lima ("Meu Nome Não É Johnny", "Tim Maia").

    MAIS QUE REAL
    Tratada com discrição, a discordância entre os dois ocorreu há alguns meses. Barreto queria fazer um filme ficcional, apenas baseado na vida do músico. Já o maestro acreditava que deveria ser retratado de forma realista. Ele chegou a mostrar ao diretor frase publicada no "New York Times" que dizia que "um novelista não conseguiria escrever história tão implausível como a de João Carlos Martins". Barreto não se convenceu.

    TUDO BEM
    Luiz Carlos Barreto, que produz o filme e é pai de Bruno, diz que o cineasta "tinha um ponto de vista diferente do nosso". E que sua substituição por outro diretor se deu "sem rupturas".

    TEMPO CONTADO
    Ensaios e apresentações em seis dias na semana são a rotina da bailarina Mariana Gomes, 27, umas das poucas brasileiras que integram o elenco principal do Balé Bolshoi russo.

    *

    "Não tenho tempo para sair, mas costumo ir a eventos da embaixada brasileira em Moscou", explica ela, que durante suas férias posou para o fotógrafo Angelo Pastorello, em um retrato que fará parte da exposição de 30 anos de carreira do artista.

    VERSO
    Os juristas que estão elaborando pareceres contra o impeachment de Dilma Rousseff não foram contratados pela defesa da presidente. Dalmo Dallari, Fernando Konder Comparato, Celso Antonio Bandeira de Mello e Pedro Estevam Serrano não estão recebendo para dar a sua opinião jurídica.

    REVERSO
    A ideia de fazerem pareceres foi discutida depois que juristas como Ives Gandra Martins e Adilson Dallari se manifestaram pelo impeachment.

    TÔ CONTIGO
    Na lista de possíveis demitidos por Dilma, a ministra Eleonora Menicucci (Mulheres) assinou manifesto de apoio à presidente. Organizado por familiares e perseguidos pela ditadura militar, o texto diz que a democracia "foi erguida à custa da defesa intransigente da liberdade e da justiça" e que "não pode sucumbir ao ódio, ao preconceito e principalmente aos interesses individuais".

    TÔ CONTIGO 2
    Também constam na versão da carta que circula em listas de e-mail e que ainda não foi divulgada os apoios do ex-ministro de Direitos Humanos Paulo Vannuchi, do ator Celso Frateschi, da jornalista Hildegard Angel e de João Vicente Goulart, filho do ex-presidente João Goulart.

    BEM COLADO
    Os atores Paulo Gustavo e Marcus Majella receberam convidados na pré-estreia do longa "Vai que Cola - O Filme", na segunda (28), no Cinemark do shopping Villa Lobos. A atriz Fiorella Mattheis, que faz parte do elenco, levou o namorado, o jogador de futebol Pato. O ator Oscar Magrini, que também está no filme, foi ao evento.

    EXORCISMO
    Fernando Henrique Cardoso, que acusou Dilma de fazer "pacto com o demônio" ao dar mais ministérios ao PMDB, foi questionado por Alexandre Machado, da rádio Cultura FM, se também não "teve seus demônios". "E quantos! Mas você tem que domá-los", respondeu. A entrevista vai ao ar hoje.

    LONGA LISTA
    FHC teve vários ministros do PMDB -entre eles, Renan Calheiros, que comandou a pasta da Justiça.

    NOVO RUMO
    Depois da Editora Abril, o executivo Fabio Barbosa tem novo endereço.

    *

    Ele se tornou investidor e conselheiro sênior na consultoria Granito & Partners. Antonio Ermírio de Moraes Neto também entrou na sociedade da empresa.

    DIVAS MEXICANAS
    A exposição "Frida Kahlo - Conexões entre Mulheres Surrealistas no México" teve abertura para convidados no sábado (26). O fotógrafo German Lorca, o artista Nino Cais e a atriz Cristina Mutarelli foram ao evento, no Instituto Tomie Ohtake. Cecília Boal, viúva do dramaturgo Augusto Boal, também passou por lá.

    PORTAS ABERTAS
    Prédios tombados de São Paulo que nunca foram abertos ao público vão receber visitação e terão programação especial em 12 e 13 de dezembro, na primeira Jornada do Patrimônio Histórico da cidade, que também terá apresentações culturais e passeios guiados.

    *

    "Vamos abrir diversos prédios públicos. Estamos também tentando a adesão de donos de imóveis particulares", diz o secretário de Cultura, Nabil Bonduki.

    CURTO-CIRCUITO

    Sergio Leitão, do Instituto Escolhas, fala nesta quinta (1º) sobre os desafios econômicos e ambientais do país no seminário de 50 anos do Ipea.

    MC Guimê grava nesta quarta (30) participação no DVD de Sandamí, ex-vocalista do Sambô.

    O Instituto Avon promove almoço nesta quarta (30) na Vila Nova Conceição para lançar evento beneficente em prol do Centro de Prevenção de Câncer de Mama de Juazeiro.

    O 1º Seminário Números da Cultura, realizado pela JLeiva Cultura & Esporte, nesta quarta (30), no Oi Futuro Ipanema.

    O ativista americano Quentin Walcott participa nesta quarta (30) de debate sobre violência contra a mulher no Ministério Público de São Paulo.

    A marca de "pipoca gourmet" Pipó lançou o sabor raspas de laranja.

    com JOELMIR TAVARES, MARCELA PAES e LETÍCIA MORI

    mônica bergamo

    Jornalista, assina coluna com informações sobre diversas áreas, entre elas, política, moda e coluna social. Está na Folha desde abril de 1999. Escreve diariamente.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017