• Colunistas

    Monday, 18-Dec-2017 20:27:48 BRST
    Sandro Macedo

    Retorno americano

    24/07/2016 02h00

    Depois de acumularem muitos apreciadores pelo Brasil, duas cervejarias americanas que andavam meio sumidas por aqui voltaram repletas de novidades: Founders e Rogue.

    Na verdade, o sumiço não era exatamente culpa das cervejarias, mas do mercado nacional, ou da crise, que fez com que suas importadoras parassem de investir em seus rótulos. Agora, com novas importadoras, as duas marcas retornam com variedades inéditas no país. E, outra coincidência, as duas apostam no chope como carro-chefe.

    Conhecida por suas receitas originais, a Rogue, do Oregon, não chegou a ficar fora das prateleiras, mas fazia tempo que era difícil encontrar algo além da Maibock Dead Guy Ale. Agora, a cervejaria traz dez chopes para incrementar nossas torneiras, como a série lupulada 4 Hop IPA, 6 Hop IPA e 7 Hop IPA, todas feitas com lúpulos plantados na fazenda da cervejaria. A 7 Hop IPA (com sete lúpulos) é uma imperial IPA com 7,7% de teor alcoólico. Ah, a Dead Guy também voltou em chope.

    Entre as novidades em garrafa, a cervejaria traz uma cidra de coloração roxa feita com ameixas, cerejas, damascos e pêssegos, entre outras frutas. O nome? Fruit Salad Cider. Neste primeiro carregamento, as garrafas serão exclusividade do Empório Alto dos Pinheiros (tel. 3031-4328).

    Reprodução
    Mango Magnifico, chope na versão engarrafada
    Mango Magnifico, chope na versão engarrafada

    Já a Founders, de Michigan, traz nove novidades em chope, alguns deles também na versão engarrafada. É o caso da "diferentona" Mango Magnifico, a primeira da cervejaria na versão 750 ml por aqui. Uma cerveja que vale a pena tomar em grupo para dividir a experiência do dulçor da manga na primeira impressão e a "picância" da pimenta habanero na segunda —equilibrados em 10% de teor alcoólico (o que pode provocar desequilíbrios).

    Outro rótulo que chega pela primeira vez ao Brasil é a imperial IPA Redankulous, indicada para fãs de IPAs mais encorpadas, com 9,5% de teor alcoólico. Para completar, a Breakfast Stout parece daquelas que vale por uma refeição, feita com muita aveia, duas variedades de café e chocolate amargo.

    *

    Pint de Guinness mais barata do mundo?

    É o que diz a distribuidora no Brasil, beneficiada por uma ação em alguns bares e pela desvalorização da nossa moeda. Com uma pint entre 6 e 7 euros na Europa e o euro oscilando por volta dos R$ 4, a pint brasileira a R$ 23 até o fim de julho realmente fica com preço mais competitivo. Onde? Casas como The Blue Pub, The Joy, Empório da Cerva, Finnegan's e Delirium Café, entre outros.

    sandro macedo

    Cervejas

    sandro macedo

    Jornalista, foi editor do 'F5', da 'Folha Corrida' e repórter de bares do 'Guia Folha'. Escreve aos domingos.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017