• Colunistas

    Monday, 23-Oct-2017 22:14:23 BRST
    Sandro Macedo

    Somos caçulas no mercado cervejeiro, mas estamos em crescimento

    31/07/2016 02h00

    Uma grande rede de supermercados anunciou recentemente desconto de 50% em cervejas importadas. Na imagem em destaque, figuravam dois rótulos da Colorado, de Ribeirão Preto, e um da mineira Wäls. Parece bobagem, mas é um detalhe que indica o quanto somos caçulas no mercado. Quem compra e quem vende.

    Por outro lado, junto com uma fatia crescente de consumidores —que já não acha o fim do mundo pagar mais de R$ 15 por uma long neck— está aumentando a oferta de locais não especializados que comercializam essas cervejas.

    Em hamburguerias, barbearias (pois é) e até cafés é possível se deparar com uma boa cerveja artesanal. É o caso da Beach Burger, já citada antes por aqui, que tem uma carta com dezenas de rótulos brasileiros.

    No simpático café Por um Punhado de Dólares, na região central, dá para tomar uma Madalena Double IPA, ou uma Refrescadô de Safadeza, da Urbana, ambas de São Paulo.

    Já na Barbearia Corleone, no Itaim, além dos serviços óbvios, é possível encontrar uma extensa carta de importadas, incluindo a belga Chimay e a inglesa Fuller's.

    Até no Súbito, restaurante dentro do Conjunto Nacional, fui surpreendido com a dinamarquesa Cloud 9 Wit um ótimo avanço... mesmo que a funcionária ache que é nacional. São pequenos avanços. Como no "War", às vezes ganha quem vai atrás dos territórios menores, não do continente inteiro.

    5 GRÃOS
    A Baden Baden, de Campos do Jordão, lança a sazonal 5 Grãos, uma "speciality beer" (categoria usada quando a cerveja não se encaixa em nenhuma outra) feita com trigo, aveia, quinoa e amaranto. Dá para pedir on-line e deve chegar às prateleiras de SP em setembro.

    Divulgação
    Cerveja Cloud 9 Wit

    N CLOUD 9 WIT
    A refrescante witbier da dinamarquesa To Øl acrescenta manga, que dá um pouco de dulçor, aos ingredientes tradicionais (casca de laranja e semente de coentro)
    Teor alcoólico 4,6%
    (R$ 24, 330 ml), no Súbito; tel. (11) 3266-3240

    Divulgação
    Cerveja Madalena

    MADALENA
    De tom acobreado e dose generosa de lúpulo (são cinco tipos diferentes), essa double IPA é indicada para os que gostam do amargor acentuado na cerveja
    Teor alcoólico 7,5%
    (R$ 29, 600 ml), Por um Punhado de Dólares; tel. (11) 3214-5891

    sandro macedo

    Cervejas

    sandro macedo

    Jornalista, foi editor do 'F5', da 'Folha Corrida' e repórter de bares do 'Guia Folha'. Escreve aos domingos.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017