• Cotidiano

    Monday, 23-Oct-2017 09:22:37 BRST

    Roubos de bicicleta em SP sobem 78% nos primeiros quatro meses do ano

    EMERSON VICENTE
    WILLIAM CARDOSO
    DO "AGORA"

    27/05/2017 02h00

    Ronny Santos/Folhapress
    Ciclovia da marginal Pinheiros, na altura da ponte estaiada, na zona sul de São Paulo
    Ciclovia da marginal Pinheiros, na altura da ponte estaiada, na zona sul de São Paulo

    O número de roubos de bicicletas na capital paulista nos primeiros quatro meses deste ano teve um aumento de 77,8% em relação ao mesmo período de 2016. Os dados foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

    Entre janeiro e abril deste ano foram registrados 224 roubos, ante 126 no mesmo período de 2016. Em 2015, no primeiro quadrimestre, foram 95.

    O número de furtos também teve um crescimento no período. No ano passado, foram 504 casos. Neste ano, 543 –7,7% de aumento.

    Segundo os dados, o lugar com maior incidência de furtos e roubos é um corredor de 6 km, entre o Ceagesp e a avenida Pedroso de Morais, em Pinheiros (zona oeste de SP). Foram registrados 50 casos na região –21% do total.

    Nesta área fica a ciclovia da marginal Pinheiros. "Esse é um dos piores pontos. Quem está sozinho geralmente espera chegar mais gente para atravessar por lá em grupo", diz Willian Cruz, 43, cicloativista e jornalista.

    Para a Polícia Civil, a alta tem relação com a maior quantidade de ciclistas nas ruas. "Quanto mais bicicletas na rua, mais casos", afirma Roberto Zakovic, delegado do 14º DP (Pinheiros).

    No dia 8 de fevereiro, a polícia apreendeu cinco menores por furto de bicicletas na região onde ocorre a maior quantidade de roubos. Mas, dos 50 casos nesta área, 32 ocorreram após a apreensão.

    A Secretaria da Segurança Pública, do governo Geraldo Alckmin (PSDB), diz adotar medidas para combater os roubos e furtos de bicicletas.

    "Foi criado um grupo de trabalho composto por autoridades e cicloativistas, instituído justamente com objetivo de desenvolver estratégias de prevenção", afirma.

    A pasta também diz que desde janeiro o ciclista pode registrar a bicicleta no site ssp.sp.gov.br/consultabicicleta. Isso ajuda o policial em patrulhamento a verificar se a bicicleta é roubada.

    A polícia prendeu em flagrante, na tarde de quinta (25), um homem de 32 anos acusado de furto e receptação de bicicletas de luxo, que haviam sido furtadas na região do Brooklin (zona sul).

    Na casa do acusado, na Vila Brasilândia (zona norte), foram encontradas cinco bicicletas, seis capacetes e um aparelho celular, material que havia sido furtado.

    Segundo a investigação, as bicicletas roubadas, avaliadas em até R$ 20 mil, eram vendidas em lojas de rua.

    Segundo nota da secretaria, "ao menos 16 outros casos de furtos, roubos e receptação foram solucionados nas regiões de Pinheiros, Perdizes e Jaguaré neste ano, com a recuperação de bicicletas".

    Edição impressa

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017