• Mercado

    Wednesday, 22-Nov-2017 10:35:05 BRST

    Jovens desenvolvem aplicativo para ajudar endividados

    FILIPE OLIVEIRA
    DE SÃO PAULO

    06/11/2017 02h00

    Danilo Verpa/Folhapress
    Mariana Lourenço e Guilherme Furlan, que criaram o aplicativo Kitle
    Mariana Lourenço e Guilherme Furlan, que criaram o aplicativo Kitle

    Já está endividado e ninguém consegue te impedir de fazer mais uma compra no cartão de crédito? Um aplicativo que é um robô assistente financeiro pode um dia ser a solução.

    Batizado de Kitle, esse foi o projeto vencedor de uma maratona de 36 horas ininterruptas de programação (conhecida como hackathon) promovida em outubro pela empresa Intervalor, especializada em cobrar clientes inadimplentes de terceiros.

    O app foi criado por três jovens participantes: Guilherme Furlan, 22, Mariana Lourenço, 23, e Nayana de Aberu, 25. Mariana e Guilherme já se conheciam antes do evento —os dois trabalham junto em Campinas (SP), no Instituto Eldorado, que realiza projetos de desenvolvimento tecnológico para empresas. Ela, designer, ele desenvolvedor, levaram um esboço do projeto na cabeça e se juntaram a Naiana, também desenvolvedora, durante a programação.

    Mariana conta que a ideia, que se tornou um protótipo ao final da maratona, é que os consumidores possam informar ao aplicativo o saldo de suas contas, quanto ganham e quais suas dívidas. O design é parecido com o de um aplicativo de bate-papo.

    Quando querem fazer uma compra, mas estão em dúvida se devem, os consumidores escrevem no app o que desejam adquirir e qual a forma de pagamento e o prazo.

    O robô desenvolvido pelo grupo, dotado de inteligência artificial, vai fazendo perguntas e dá conselhos sobre a compra.

    Por enquanto, o aplicativo não está disponível para consumidores. O que existe é um "produto mínimo viável", uma versão com funcionalidades básicas desenvolvida para receber feedbacks que direcionem sua construção.

    Mariana diz esperar fechar parcerias com instituições financeiras para facilitar a inclusão dos dados dos consumidores e de suas compras no aplicativo, o que simplificará seu uso.

    Edição impressa
    Folhainvest

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017