• Mundo

    Saturday, 18-Nov-2017 10:02:43 BRST

    Pedidos de asilo na Europa em 2015 mais que dobram em relação a 2014

    JULIANO MACHADO
    DE BERLIM

    04/03/2016 08h40

    O número de pedidos de asilo nos países da União Europeia chegou a 1,25 milhão em 2015, mais que o dobro das 562 mil solicitações do ano anterior, segundo relatório divulgado nesta sexta-feira (4) pela Eurostat, agência de estatísticas da UE.

    A cifra põe ainda mais pressão sobre os líderes europeus para uma política coordenada de ajuda aos refugiados, em especial sobre a chanceler alemã, Angela Merkel.

    Nesta sexta, ela se reuniu em Paris com o presidente francês, François Hollande, para buscar uma cooperação maior do país vizinho sobre o tema.

    Xinhua - 2.mar.2016/Action Press/Zumapress
     Refugiados reaccionan luego de desembarcar en el puerto de Mitilene, en el norte de la isla de Lesbos, Grecia, el 2 de marzo de 2016. Policías búlgaros de la agencia Europea para la gestión de la cooperación operativa en las fronteras exteriores (Frotex) trajeron en su barco a un grupo de refugiadpos al puerto de Mitilene. Ellos recogen a los refugiados en el mar entre Turquía y Lesbos. De acuerdo con datos publicados por la Agencia de Naciones Unidas para los Refugiados (ACNUR), más de 120,000 refugiados han llegado a Grecia en los dos primeros meses de 2016. El cierre de fronteras entre los Estados miembros de la Unión Europea está derivando hacia una crisis humanitaria y a hecho que la Comisión Europea prepare un plan para "provisión de ayuda de emergencia", de acuerdo con información de la prensa local. (Xinhua/Action Press/ZUMAPRESS) (jg) (sp) ***DERECHOS DE USO UNICAMENTE PARA NORTE Y SUDAMERICA***
    Refugiados logo após chegarem ao porto de Mitilene, na ilha de Lesbos, Grécia

    A Alemanha foi o país que mais recebeu solicitações no ano passado: 441,8 mil, o equivalente a 35% do total do bloco.

    Em seguida aparecem Hungria (174,4 mil), Suécia (156,1 mil) e Áustria (85,5 mil).

    Assolada por uma guerra civil desde 2011, a Síria é a origem de quase um terço dos refugiados que buscam permanência na UE. Em 2015, foram 362,7 mil pedidos (29% do total). Também atingidos por conflitos internos, os afegãos responderam por 178,2 mil solicitações (14%), e os iraquianos, 121,5 mil (10%).

    O principal desafio das autoridades europeias tem sido dar resposta rápida a um fluxo migratório tão intenso. O relatório da Eurostat diz que as solicitações ainda pendentes somaram 922,8 mil em 2015, 88,5% a mais que em 2014.

    O encontro desta sexta entre Merkel e Hollande foi uma preparação para uma cúpula extraordinária da UE sobre refugiados na próxima segunda-feira (7), em Bruxelas, com participação da Turquia.

    O pais não faz parte da UE, mas tem sido cobrado para reforçar o controle em suas fronteiras por ser a principal rota de passagem dos sírios rumo à Europa.

    CRISE DOS REFUGIADOS - Número de pedidos de asilo na UE alcança 1,25 milhão em 2015

    Origem dos solicitantes de asilo em 2015 - Em %

    [an error occurred while processing this directive]

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017