• Tec

    Monday, 23-Oct-2017 09:29:16 BRST

    Hackers vazam dados de milhões de usuários de site de traições

    DA REUTERS
    DE SÃO PAULO

    19/08/2015 10h52

    Reprodução/ashleymadison.com
    Reprodução do site Ashley Madison
    Reprodução do site Ashley Madison

    O FBI está investigando o vazamento de dados, ocorrido no mês passado, de usuários do site de traições AshleyMadison.com, segundo informaram, nesta terça-feira (18), os proprietários do site.

    Eles acusaram os hackers responsáveis pelo vazamento de lesar cidadãos "inocentes".

    Foi a primeira vez que a Avid Line Media, dona do site, confirmou a entrada do FBI nas investigações –que já envolvem três serviços da polícia canadense.

    Horas antes da confirmação, os hackers, que se autointitulam The Impact Team vazaram um grande volume de dados de usuários do site, como nomes, endereços de e-mail, senhas e partes de números de cartão de crédito.

    Segundo a revista "Wired", os arquivos hackeados, com 9,7 GB de dados, incluem informações dos últimos sete anos, referentes a 32 milhões de pessoas –o AshleyMadison tem cerca de 40 milhões de usuários.

    Ainda de acordo com a revista, há 15 mil endereços de e-mail com domínios.gov ou.mil, ligados ao governo e às forças armadas.

    Os dados –que, quando descompactados, incluem até trechos de perfis do site– foram publicados na chamada "dark web".

    Os hackers se disseram "juízes morais, membros do júri e carrascos", se sentindo na missão de "impor uma noção pessoal de virtude na sociedade".

    "Seus dados estão aqui? Foi a ALM [Avid Life Media] que falhou com você. Processe-os e peça reparação de danos. Então siga com a sua vida", disseram. "É constrangedor agora, mas você vai superar".

    Um comunicado da Avid Life Media chamou os atos de "ilegítimos". "Eles têm consequências reais para cidadãos inocentes que estão simplesmente vivendo suas vidas cotidianas", disse a empresa.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2017