• Tec

    Monday, 22-Jan-2018 13:44:49 BRST

    Restaurante falso vira o mais cobiçado de Londres no TripAdvisor

    ELI ROSENBERG
    DO "WASHINGTON POST"

    13/12/2017 21h20

    Reprodução/Tripadvisor
    The Shed At Dulwich
    The Shed At Dulwich no TripAdvisor

    Era um restaurante único em Londres, e obter reservas nele era impossível. O estabelecimento derrotou milhares dos demais restaurantes finos da cidade e conquistou o primeiro posto no ranking do popular site de resenhas TripAdvisor, e o manteve por algum tempo, atraindo enorme interesse.

    Havia só um pequeno problema: o restaurante não existia.

    O The Shed at Dulwich era só uma brincadeira do jornalista freelancer Oobah Butler, cuja casa –um galpão [shed] na região de Dulwich, no sul de Londres - subitamente se tornou um refinado restaurante conceitual, chamado The Shed at Dulwich.

    Com pouco mais que algumas resenhas falsas –"melhor experiência de gastronomia em galpão de Londres!", dizia uma das mais engraçadas entre elas– e um site, Butler conseguiu manipular a classificação do TripAdvisor em Londres e conquistou um lugar em seu ranking que atrairia muitos clientes para qualquer restaurante, quanto mais uma casa localizada em um importante destino turístico internacional como a capital britânica.

    A história já circulou pelo mundo, depois que Butler escreveu um artigo no qual revelava a trapaça, publicado pelo site Vice. A jogada foi considerada como um feito inacreditável. Mas em uma era na qual a influência da desinformação online é cada vez maior, isso também serve como ainda mais um lembrete da facilidade com que pregadores de peças e outros agentes desonestos conseguem manipular plataformas online, com resultados algumas vezes impensáveis.

    A história de Butler começou depois de um trabalho anterior como frila, no qual ele escrevia resenhas falsas sobre restaurantes para postar no TripAdvisor. Butler percebeu que o site era uma "falsa realidade", a despeito dos milhões de comentários postados por resenhistas honestos. Por isso, escreveu, aproveitando o "atual clima de desinformação", decidiu descobrir até onde poderia levar um restaurante falso, no site, e incluiu na lista de restaurantes do TripAdvisor o galpão em que vive em Dulwich: assim nasceu The Shed at Dulwich.

    Butler, que não respondeu a pedidos de comentários, começou tomando medidas para garantir que o restaurante fosse aprovado para inclusão no site. Comprou um celular descartável para usar seu número como telefone do restaurante. Criou uma página na Web com um cardápio baseado em emoções, e a ilustrou com fotos artísticas de supostas refeições preparadas com produtos caseiros como tabletes de alvejante e creme de barba.
    E registrou o endereço dando apenas o nome da rua em que mora, definindo a casa como "restaurante que requer reservas", para ficar menos vulnerável a verificadores de fatos e potenciais clientes.

    E foi então, escreveu Butler, que a primeira coisa miraculosa aconteceu: o perfil do restaurante foi aprovado pelo TripAdvisor, para inclusão no site, em maio. A posição inicial do The Shed at Dulwich no ranking de restaurantes de Londres era a 18.149ª, e última, da lista.

    Butler pediu que parentes e amigos escrevessem resenhas falsas mas elogiosas no site.

    Algumas das resenhas incluíam detalhes vagamente desagradáveis, aparentemente como forma de adquirir mais credibilidade. Um resenhista escreveu sobre o restaurante ter lhe oferecido um cobertor manchado, mas ainda assim deu cinco estrelas à casa Das 104 resenhas sobre o The Shed at Dulwich publicadas até o começo de dezembro, mais de 100 conferiam cinco estrelas, a classificação mais alta, à experiência.

    Não demorou para que potenciais clientes começassem a telefonar. Butler sempre respondia que não havia datas disponíveis para reserva. A fim de criar uma mística sobre o restaurante, ele perguntava a alguns dos interessados se eles conheciam "Jackie", e a outros sobre seu número de seguidores no Instagram.

    Mas as respostas não faziam diferença: ninguém conseguia reserva. Mesmo assim, a posição do restaurante começou a subir no ranking do site.

    Quando o restaurante chegou ao 30º posto, começaram a surgir pedidos de reservas do mundo inteiro.

    E foi então que ele disse ter recebido uma notificação do TripAdvisor, que ele imaginava ser a de que a trapaça havia sido descoberta, Mas na verdade o site havia escrito para informar que o perfil do restaurante imaginário havia recebido 89 mil visitantes em um dia, disse Butler.

    O The Shed at Dulwich havia atingido o primeiro lugar no ranking de restaurantes londrinos do TripAdvisor.

    A realização não é insignificante, Em uma cidade turística como Londres, liderar o ranking do TripAdvisor pode gerar muito movimento. O site é o recurso sobre turismo online mais visitado nos Estados Unidos.

    O TripAdvisor se recusou a comentar sobre aspectos específicos do perfil do restaurante de Butler, mas disse que o perfil já estava sendo revisado antes de o artigo expondo a trapaça ser publicado.

    O sucesso da trapaça indica vulnerabilidades maiores no processo usado pela empresa para confirmar o conteúdo de seu site, que é conduzido em parte por algoritmos e por sistemas fiscalização automática. E isso faz com que recordemos outras plataformas online, como o Facebook e o Twitter, que foram exploradas por agentes desonestos, com consequências muito mais graves. No ano passado, um homem armado invadiu uma pizzaria em Washington depois que boatos que a associavam a uma suposta quadrilha de pedófilos bem conectados politicamente começaram a se espalhar no Twitter e outros fóruns.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2018