• Ambiente

    Saturday, 20-Apr-2019 09:59:23 -03

    Brasil reduziu emissões de CO2 em 41% entre 2005 e 2012

    DE SÃO PAULO

    14/11/2014 02h00

    As emissões brasileiras de gases de efeito estufa caíram 41% entre 2005 e 2012, mas esse corte, proporcionado por uma redução acentuada no desmatamento, mascarou uma tendência de aumento acelerado de emissões para geração de energia.

    O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação divulgou ontem uma compilação das estimativas de emissões cobrindo as duas últimas décadas. Os dados mostram que, durante o período em que o desmate se reduziu 85%, as emissões de energia subiram 36%.

    Em números absolutos, a redução das emissões totais foi de 2,03 bilhões de toneladas para 1,20 bilhão de toneladas de dióxido de carbono (CO2). A conta inclui também outros gases de efeito estufa, como metano e óxido nitroso, representados como CO2 para efeito de padronização.

    No setor de energia, o maior peso está na área de transporte, que emitiu 48% de todo o CO2 no país em 2012, último ano com dados consolidados para a estimativa. Dados de 2013 devem ser divulgados em dezembro. O uso mais recorrente de usinas termelétricas também ajudou a puxar as emissões do setor de energia nos últimos anos.

    As emissões da agropecuária subiram menos que as de outros setores, com aumento de 7% no período avaliado, mas como já eram altas, representam agora uma fatia maior das emissões nacionais: 37% em 2012 contra 20% em 2005. O gado bovino foi responsável por 89% do metano emitido e a pecuária como um todo emitiu 44% do óxido nitroso em 2012.

    Segundo o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, a tendência mostrada pelos dados gerais indica que o Brasil está em vias de cumprir a meta de corte de emissões que prometeu. Mesmo com a volta do aumento nas taxas de desmatamento registrada nos últimos dois anos, será possível honrar o objetivo de até 39% de redução em relação ao nível inicialmente projetado para 2020, afirma o governo.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2019