• As Mais

    Wednesday, 29-Jun-2022 09:01:22 -03

    Kim Kardashian, Cher e Fiuk são filhos da diáspora armênia; veja outras celebridades

    DE SÃO PAULO

    24/04/2015 12h00

    Genocídio armênio, que completa cem anos nesta sexta, levou ao êxodo de até 8 milhões de pessoas

    O genocídio armênio, que completa cem anos nesta sexta-feira (24), foi o principal motivo para o êxodo de milhões de membros deste grupo étnico pelo mundo.

    Os 8 milhões de pessoas que formam a chamada diáspora armênia, segundo historiadores, foram principalmente para a Rússia e os EUA, mas também aportaram em países mais distantes, como Brasil e Argentina.

    Nestes lugares, alguns de seus descendentes tornaram-se celebridades. Alguns usaram sua posição para o ativismo.

    Veja abaixo alguns exemplos:

    -

    1 - Kim Kardashian

    Hayk Baghdasaryan - 8.abr.2015/Reuters
    Kim Kardashian é vista logo após chegar a Ierevan, Armênia, durante o início deste mês
    Kim Kardashian é vista logo após chegar a Ierevan, Armênia, durante o início deste mês

    A socialite, empresária, modelo e atriz, mais conhecida pela série "Keeping up the Kardashians" e pelo vídeo erótico com o então namorado Ray J, em 2008, é bisneta de armênios.

    No último dia 9, ela levou o marido Kanye West, a filha North e a irmã Khloé a Ierevan, onde foi recebida por milhares de fãs. Dentre os locais visitados na cidade, esteve o memorial às vítimas do genocídio.

    -

    2 - System of a Down

    Adam Warzawa - 12.out.2013/Efe
    Músico armênio-americano Serj Tankian, membro da banda de rock System of a Down, durante concerto em Gdansk, Polônia
    Músico armênio-americano Serj Tankian, membro da banda de rock System of a Down, durante concerto em Gdansk, Polônia

    Todos os membros da banda de rock da Califórnia são etnicamente armênios, embora apenas o baixista Shavo Odadjian tenha nascido no país homônimo.

    O grupo de sucessos como "Toxicity", "Chop Suey" e "B.Y.O.B." começou em 2006 a fazer campanha nos shows pelo reconhecimento do genocídio armênio pelos Estados Unidos.

    O vocalista Serj Tankian, cujo avô é sobrevivente do genocídio, e o baterista John Dolmayan participaram de protestos e do filme "Screamers".

    No ano passado, a banda começou uma turnê em lembrança do centenário do massacre, que terminou na noite desta quinta-feira (23) com um show gratuito em Ierevan.

    -

    3 - Charles Aznavour

    Mohammed Al-Shaikh - 15.mar.2013/AFP
    Cantor francês Charles Aznavour faz concerto no Bahrein em março de 2013
    Cantor francês Charles Aznavour faz concerto no Bahrein em março de 2013

    Um dos cantores mais populares da França e da língua francesa, Shahnour Vaghinagh Aznavourian (seu nome verdadeiro) é embaixador da Armênia na Suíça e delegado permanente na sede da ONU em Genebra.

    Desde o terremoto que destruiu parte do país em 1988, ainda na União Soviética, Aznavour é membro de um fundo que arrecada recursos para os armênios. Em 2004, recebeu o título de herói nacional e em 2008 recebeu a cidadania honorária.

    Ele homenageia o país de nascimento de seus pais com "Pour toi Arménie" e "Ils sont tombés", sobre o massacre cometido pelos turco-otomanos.

    -

    4 - Garry Kasparov

    mANDEL nGAN - 4.mar.2015/afp
    O enxadrista campeão mundial Garry Kasparov, um dos principais opositores do presidente russo, Vladimir Putin
    O enxadrista campeão mundial Garry Kasparov, um dos principais opositores do presidente russo, Vladimir Putin

    O enxadrista campeão mundial e um dos principais opositores ao presidente russo, Vladimir Putin, é filho de armênios que viviam em Baku, capital do Azerbaijão.

    Em 1990, ele e os pais fugiram para Moscou quando houve um pogrom (ataque violento) contra os armênios na cidade azeri. Na ocasião, 90 pessoas morreram.

    -

    5 - Cher

    Cherilyn Sarkisian é o nome verdadeiro da cantora, compositora, atriz, apresentadora, entre outras coisas. O sobrenome é herança de seu pai, nascido nos EUA e filho de armênios.

    Embora seja militante em diversas causas, em especial em relação aos LGBTT, ela não se pronunciou publicamente sobre o genocídio armênio.

    -

    6 - Alain Prost

    O tetracampeão de Fórmula-1 (1985, 1986, 1989 e 1993) e um dos principais adversários do brasileiro Ayrton Senna tinha avôs maternos armênios.

    -

    7 - Aracy Balabanian

    Mastrangelo Reino - 15.mai.2010/Folhapress
    Aracy Balabanian participa da festa de lançamento da novela das oito "Passione", da Rede Globo, em 2010
    Aracy Balabanian participa da festa de lançamento da novela das oito "Passione", da Rede Globo, em 2010

    A atriz nascida em Campo Grande (MS) em 1940 é filha de imigrantes armênios que fugiram do genocídio. Foi a partir de seus pais que criou um de seus personagens mais conhecidos na televisão.

    Vilã da novela "Rainha da Sucata", Dona Armênia trocava os gêneros das palavras. Foi daí que saiu o bordão "na chon", em referência ao prédio de Maria do Carmo (Regina Duarte).

    Em entrevista ao canal Viva, o autor da novela, Sílvio de Abreu, queria que Aracy Balabanian fizesse uma libanesa, justamente por trocar o masculino pelo feminino. Saiu Armênia.

    -

    8 - Stepan Nercessian

    Alan Marques - 14.dez.2011/Folhapress
    Deputado federal Stepan Nercessian (PPS-RJ) participa de sessão na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, em Brasília, em 2011
    Deputado federal Stepan Nercessian (PPS-RJ) participa de sessão na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, em Brasília, em 2011

    O ator e político é filho de pai armênio. Após diversos papéis na televisão, foi eleito vereador no Rio em 2004. No cargo na capital fluminense, propôs o reconhecimento do genocídio armênio.

    Porém, sua carreira política foi marcada pela relação com Carlinhos Cachoeira. Em seu primeiro ano como deputado federal, admitiu ter recebido R$ 175 mil do bicheiro, usados para comprar um apartamento e ingressos para o Carnaval.

    Em 2015, ele atua como Chacrinha no musical homônimo, dirigido por Andrucha Waddington e com texto de Pedro Bial e Rodrigo Nogueira.

    -

    9 - Fiuk

    Bruno Poletti - 11.nov.2011/Folhapress
    Cantor e ator Fiuk, durante a 13ª edição do Prêmio Jovem Brasileiro, em São Paulo, em 2011
    Cantor e ator Fiuk, durante a 13ª edição do Prêmio Jovem Brasileiro, em São Paulo, em 2011

    Filho do ator e cantor Fábio Jr. e irmão da atriz Cléo Pires, o ator e cantor é descendente de armênios por parte da mãe, Cristina Kartalian.

    -

    10 - Daniel Sarafian

    Vinicius Pereira - 16.jan.2013/Folhapress
    Lutador Daniel Sarafian participa de treino aberto ao público no vale do Anhangabaú em 2013
    Lutador Daniel Sarafian participa de treino aberto ao público no vale do Anhangabaú em 2013

    O lutador de Santo André (SP), participante do primeiro "The Ultimate Fighter" e peso meio-médio do UFC, tomou gosto pela luta com o avô, descendente direto de armênios.

    Em algumas lutas de sua carreira, posou com as bandeiras brasileira e a armênia.

    -

    Bônus: Armênios, pero no mucho

    11 - Princesa Diana

    Morta em 1997, a ex-mulher do príncipe Charles e mãe dos príncipes William e Harry teve um tatataravô armênio. Isso significa que o bebê George é 1/256 armênio.

    -

    12 - Steve Jobs

    Ryan Anson - 27.jan.2010/AFP
    Steve Jobs, durante o evento de lançamento do iPad, em 2010
    Steve Jobs, durante o evento de lançamento do iPad, em 2010

    No caso do cofundador da Apple, a herança não é de sangue: sua mãe adotiva, Clara Hagopian, era filha de armênios que fugiram do genocídio e chegaram aos EUA.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2022