• Colunistas

    Thursday, 23-Sep-2021 21:23:34 -03
    Mônica Bergamo

    Ator José de Abreu se filia ao PT e pensa em lançar candidatura como deputado

    01/02/2013 03h00

    O ator José de Abreu, 68, saiu do armário político: depois de anos defendendo o PT em público, resolveu se filiar ao partido. Foi pedir conselhos ao ex-presidente Lula e ao amigo José Dirceu sobre uma possível candidatura para deputado federal em 2014.

    *

    Ele conta que Lula achou a "ideia sensacional". O ator agora o espera no Rio, para uma sessão da peça "Bonifácio Bilhões" ("que inclusive discute ética"), na qual atua. "Lula abonaria minha ficha e lançaria uma campanha maciça de filiação ao PT do Rio."

    *

    Jantou com José Dirceu, condenado pelo mensalão, nesta semana. O ator Paulo Betti também foi. Segundo Zé, o Abreu, conversaram sobre sua candidatura. Evanise Santos, mulher de Dirceu, tirava fotos no celular.

    *

    Abreu sairá em caravana com o senador Lindberg Farias (PT) pelo interior do Rio. Preocupa-se com o contrato na Globo, que vai até 2014, caso dispute a eleição. "Ganho muito mais na Globo. Como deputado, terei que baixar meu padrão de vida."

    *

    O casamento gay é uma bandeira. Sobre ter se declarado bissexual no Twitter, explica: "Nunca tive caso homossexual. Não posso dizer que sou preto nem índio nem mulher nem pobre. Assumi posição de minoria. Quero ser vítima de preconceito".

    DÁ MINHA MERCEDES
    Uma troca acidental de duas Mercedes-Benz levará dois dos advogados mais requisitados de Brasília a se enfrentar no juizado de pequenas causas. Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay (que defendeu Duda Mendonça no mensalão), representará a sobrinha Tainá e o irmão Marcos num caso contra Michelle, mulher de Pedro Calmon --que advoga para Monica Veloso, pivô no escândalo que tirou Renan Calheiros da presidência do Senado em 2007.

    BARRACO NO VALET
    O imbróglio foi em frente ao valet numa quadra de restaurantes badalados. O manobrista entregou, por engano, ao irmão de Kakay a Mercedes de Calmon. Por volta das 3h da madrugada, Marcos voltou, com a sobrinha Tainá, para trocar os carros. Segundo Kakay, ela foi chamada de "ladra e prostituta" e levou um murro de Michelle. Calmon diz que não houve agressão física e que Tainá chegou rindo e xingou sua mulher de "piranha".

    NA DELEGACIA
    Tainá registrou a ocorrência na 1ª DP. "Além da injúria, partiram para as vias de fato. Foi baixo nível", diz Kakay. "Somos vítimas de um bando de loucos", rebate Calmon, que fez uma queixa-crime na delegacia do Lago Sul. "Vejo meu carro chegando em alta velocidade. A moça ao volante rindo e o Marcos, completamente embriagado." A audiência de conciliação será no dia 18.

    NA GARAGEM
    A Mercedes de Marcos é 2003. A de Calmon, 2008, "top de linha". Ambas pretas.

    NOVO EM FOLHINHA

    Hugo Toni/Divulgação

    A modelo Andressa Torres, 18, estampa um dos meses do calendário da agência Way, em que figuram apenas manequins em início de carreira.

    CLUBE DOS CINCO
    O prefeito Fernando Haddad privilegiou seu "núcleo duro" à mesa no primeiro mês de gestão. Almoçou 16 vezes com os mesmos secretários: Antonio Donato (Governo), Leda Paulani (Planejamento), Fernando de Mello Franco (Desenvolvimento Urbano), Marcos Cruz (Finanças) e Luís Massonetto (Negócios Jurídicos).

    NA DIANTEIRA
    O recordista Massonetto esteve com o chefe uma 17ª vez, numa das duas ocasiões em que a primeira-dama Ana Estela se juntou ao marido, segundo a agenda oficial do prefeito. Ela também foi no almoço com secretários da "cota PMDB": Luciana Temer (Assistência Social), Mariane Pinotti (Pessoa com Deficiência) e Roberto Porto (Segurança), além do deputado federal Gabriel Chalita.

    FESTA SEM FIM
    A Abrafesta disponibilizou em seu site e nos escritórios do Procon um "Manual de Boas Práticas", que instrui o cliente a fazer perguntas para checar a segurança de bufês ou salões de eventos.

    *

    "Na maioria das vezes, quem faz uma festa nem sabe que precauções se deve ter", diz Vera Simão, presidente da entidade.

    SÃO PAULO S.A
    O ator Irandhir Santos está em SP participando das filmagens de "Obra", primeiro longa de Gregório Graziosi. O pernambucano vive um arquiteto que encontra um cemitério clandestino no projeto que começa a executar. As filmagens acontecem no Copan, na Estação Pinacoteca e na Igreja da Consolação.

    É PISTA OU TABLADO?
    Os atores Martha Nowill, Michelle Ferreira e Milhem Cortaz foram à festa Soul Kitchen, no Teatro e Bar Cemitério de Automóveis. A cineasta Sabrina Greve também passou pelo espaço, na Bela Vista, na terça.

    MEIA-NOITE EM PARIS
    O estilista Karl Lagerlfeld, da Chanel, fotografou anteontem de madrugada, em Paris, com a top britânica Cara Delevingne, campanha para a brasileira Melissa.

    *

    O alemão assina uma linha de calçados de plástico para a marca. As fotos foram feitas na livraria de Lagerfeld, a 7 L.

    A BOLSA ESTÁ EM ALTA
    Roberta Noschese e a empresária Cris Lotaif foram recebidas por Milene Pulice na abertura da segunda loja da grife italiana Miu Miu, no shopping Cidade Jardim.

    CURTO-CIRCUITO

    Alessandra Negrini é a rainha da bateria do Acadêmicos do Baixo Augusta, que desfila no domingo. O cargo estava vago desde a saída de Marisa Orth.

    Roberta Sá faz show no HSBC Brasil nesta sexta-feira (1º), no Baile do Movimento.

    A Loja do Elogio abre nesta sexta na rua Oscar Freire.

    O camarote Expresso 2222, de Flora Gil, do Carnaval de Salvador, fechou parceria com a Net.

    O vereador Andrea Matarazzo protocolou na quinta-feira (31) a criação de uma frente parlamentar para discutir drogas e doenças mentais.

    O File, festival de arte e de tecnologia, recebe até o dia 9 inscrições para sua edição em SP, em julho.

    mônica bergamo

    Jornalista, assina coluna com informações sobre diversas áreas, entre elas, política, moda e coluna social. Está na Folha desde abril de 1999. Escreve diariamente.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2021