• Cotidiano

    Wednesday, 29-Jun-2022 10:31:21 -03

    Moradora relata abuso sexual de PM na desocupação do Pinheirinho

    ANDRÉ CARAMANTE
    DE SÃO PAULO

    03/02/2012 17h24

    Um grupo de policiais militares é investigado sob suspeita de ter cometido uma série de abusos contra moradores da área do Pinheirinho, em São José dos Campos (97 km de SP).

    Veja imagens da reintegração no Pinheirinho
    Homem é agredido por PM após reintegração
    Prefeitura registra queixa contra manifestantes do Pinheirinho
    Líder do MST ataca Judiciário sobre decisões de reintegração
    Sem-teto fazem protesto em Brasília contra ação no Pinheirinho
    Polícia apreende armas de GCMs em investigação no Pinheirinho

    Uma moradora afirmou ao Ministério Público Estadual que, na operação de desocupação da área, em 22 de janeiro, um PM a obrigou a fazer sexo oral nele e também teve seu corpo tocado pelo militar. Segundo a moradora, os policiais invadiram a casa de sua família em um bairro vizinho ao Pinheirinho para cometer os abusos.

    O depoimento foi prestado ao promotor João Marcos Costa de Paiva e acompanhado pelo senador Eduardo Suplicy (PT), no dia 1º.

    Há também relatos de que PMs comeram mantimentos de moradores do Pinheirinho durante a desocupação, que um dos militares chegou a ameaçar abusar sexualmente de um jovem que vivia no lugar, e que dinheiro dos moradores foi roubado.

    Os moradores afirmam ainda que policiais consumiram cocaína em um veículo oficial e que levaram a droga para dentro da casa de uma família.

    OUTRO LADO

    Para o comandante-geral da PM, Álvaro Batista Camilo, as acusações feitas contra os policiais fazem parte de uma campanha para "difamar" a operação da polícia durante a reintegração de posse do Pinheirinho.

    "Nós somos uma instituição séria e um dos nossos três pilares é o respeito aos direitos humanos. Não compactuamos com abusos e não há espaço para maus policiais", disse o comandante-geral.

    Segundo Camilo, na quinta-feira, ele conversou com o senador Eduardo Suplicy sobre as acusações e esclareceu que a Corregedoria da corporação irá investigar de maneira rigorosa o caso.

    Veja a íntegra do depoimento dos moradores do Pinheirinho:

    Reprodução

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2022