• Cotidiano

    Thursday, 30-May-2024 11:04:49 -03

    Delegado-geral da Polícia Civil de SP deixa cargo à disposição

    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

    22/11/2012 17h59

    O delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Marcos Carneiro Lima, colocou o cargo dele à disposição nesta quinta-feira (22). Fernando Grella Vieira assumiu a pasta hoje após a saída de Antônio Ferreira Pinto durante a onda de violência que atinge a Grande SP.

    Lima afirmou que algumas das vítimas de assassinato na Grande São Paulo tiveram suas fichas criminais verificadas pelo sistema interno da polícia momentos antes de os crimes serem cometidos. Ele disse ainda que as mortes vem ocorrendo na periferia porque a sociedade acha que "matar pobre é matar o marginal de amanhã". As declarações foram feitas hoje durante cerimônia de posse de Vieira.

    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    O delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Marcos Carneiro de Lima, na cerimônia de posse do novo secretário de Segurança Pública de São Paulo
    O delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Marcos Carneiro de Lima, na cerimônia de posse do novo secretário de Segurança Pública de São Paulo

    Ao confirmar que as mortes ocorrem nas periferias, o delegado-geral criticou ainda a sociedade. Para Lima, ela legitima a ação dos criminosos responsáveis pela onda de violência na Grande São Paulo.

    "A gente nunca teve chacina nos Jardins aqui em São Paulo. Por que será? Por que é tão fácil matar pobre na periferia. Por que ainda existe uma grande parcela da sociedade que acha que matar pobre na sociedade é matar o marginal de amanhã. Isso é uma visão preconceituosa da própria sociedade que encara que essa ação de matar é uma ação legítima. Não é legítima", afirmou.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024