• Cotidiano

    Sunday, 05-Dec-2021 20:31:36 -03

    Incêndio no edifício Joelma mudou história da prevenção no Brasil

    DE SÃO PAULO

    03/02/2013 06h30

    A história da prevenção aos incêndios no Brasil pode ser dividida em AJ/DJ --antes do Joelma e depois do Joelma. Só depois do incêndio do edifício Joelma, na região central de São Paulo, em 1º de fevereiro de 1974, é que foi criado o primeiro regulamento oficial sobre segurança contra incêndios.

    Lei de segurança ficou mais rígida após 30 mortes no Cine Oberdan

    Foi um decreto da prefeitura, editado uma semana depois da tragédia, que estabeleceu normas para ocupação dos edifícios. Pela primeira vez os prédios eram obrigados a ter chuveiros automáticos (os "sprinklers").

    O decreto determinava que tipos de materiais podem ser armazenados e como deve ser o sistema de escoamento em situações de emergência.

    Uma das normas é que edifícios precisam ter escadas de incêndio. O Joelma não tinha. Morreram 188 pessoas nesse incêndio --é até hoje a maior tragédia do gênero na cidade de São Paulo.

    Outra norma é que os edifícios deveriam ter uma laje no último andar capaz de suportar o pouso de um helicóptero --o Joelma não tinha.

    Folhapress
    Incêndio no edifício Andraus, na região central de São Paulo, que matou 16 pessoas
    Incêndio no edifício Andraus, na região central de São Paulo, que matou 16 pessoas

    No incêndio que atingiu o edifício Andraus, em 1972, muitas pessoas foram salvas por helicópteros.
    Foram 16 mortes. Graças ao salvamento aéreo, muita gente sobreviveu.

    O Joelma provocou uma mudança na segurança dos sistemas elétricos. A revisão ocorreu por um motivo simples: o fogo começou num aparelho de ar-condicionado que sofrera uma sobrecarga, mas não havia violado nenhuma normal legal.

    Até os bombeiros não foram os mesmos depois do Joelma. O próprio comando da corporação reclamou, no meio da tragédia, que estava sucateado. (MARIO CESAR CARVALHO)

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2021