• Cotidiano

    Thursday, 06-Aug-2020 04:04:07 -03

    São Paulo começa a vacinar crianças e gestantes contra H1N1 em 11 de abril

    DE SÃO PAULO

    29/03/2016 18h30

    A vacina contra a gripe H1N1 começará a ser dada às gestantes, crianças de seis meses a até cinco anos e idosos a partir de 11 de abril na cidade de São Paulo e nas cidades da região metropolitana, anunciou nesta terça-feira (29) a Secretaria de Estado da Saúde.

    O Estado vive um surto da doença, com hospitais públicos e particulares lotados.

    Serão 2,991 milhões de doses a esses três grupos, os de maior risco caso contraiam a doença. As doses foram enviadas pelo Ministério da Saúde. Em 8 de abril, três dias antes, 532,4 mil profissionais de saúde de hospitais públicos e particulares de São Paulo e da Grande São Paulo serão imunizados.

    O governo paulista antecipou o calendário de vacinação para esses grupos, em razão do surto da doença.

    Os demais grupos que são público-alvo (portadores de doenças crônicas, população prisional, índios) e as outras cidades do Estado receberão a partir da mesma data prevista para o calendário nacional de vacinação, 30 de abril.

    DISTRIBUIÇÃO

    O Ministério da Saúde informou que a partir de 1º de abril enviará aos Estados 25,6 milhões de doses da vacina, dos quais 9,9 milhões para a região Sudeste. Não houve mudança de processos, disse o ministério –o envio já ocorre normalmente um mês antes do calendário de vacinação começar.

    A vacina a ser dada é a trivalente, que protege contra as gripes H1N1, H3N2 e B. Atualmente, em hospitais e clínicas particulares já é possível encontrar a vacina.

    Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, até 22 de março foram notificados 260 casos e 38 mortes pelo vírus H1N1. Em 2015, haviam sido 28 mortes.

    Virus H1N1

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2020