• Cotidiano

    Friday, 21-Jun-2024 07:51:21 -03

    Marginais têm alta de acidentes nos 3 meses após aumento de velocidade

    MARIANA ZYLBERKAN
    DE SÃO PAULO

    23/05/2017 02h00

    Rivaldo Gomes - 20.jul.15/Folhapress
    Placa mostra limite de 50 km/h na pista local da marginal Tietê
    Placa mostra limite de 50 km/h na pista local da marginal Tietê

    O número de acidentes com vítimas nas marginais Tietê e Pinheiros aumentou pelo terceiro mês consecutivo desde a elevação dos limites de velocidade nas vias pela gestão de João Doria (PSDB) na Prefeitura de São Paulo.

    De acordo com dados divulgados pelo batalhão de trânsito da PM, houve crescimento de 29,5% nos acidentes em abril, em comparação com o mesmo mês do ano passado.

    De fevereiro a abril, três meses após as mudanças -que entraram em vigor em 25 de janeiro-, o aumento foi ainda maior. No intervalo, o número de batidas com vítimas subiu 43% em comparação com mesmo período em 2016.

    O índice de mortes no trânsito nas marginais acompanhou a tendência de alta nos quatro primeiros meses do ano. Foram 10 acidentes fatais contra 6 no ano passado. Das ocorrências de 2017, 9 envolveram motociclistas e 1 foi por atropelamento.

    Variação de lentidão - Entre 1º.tri.2017 e o mesmo período do ano anterior

    MOTOS

    A mesma tendência de alta foi registrada nos casos com vítimas envolvendo motos. No acumulado dos últimos três meses, 54,3% mais motociclistas se acidentaram nas marginais do que em igual período de 2016 -eles representam 80% dos atendimentos de acidentes com vítimas realizados pela PM.

    De acordo com dados da Polícia Militar, o trecho com maior número de acidentes com motos fica na Pinheiros entre as pontes Jaguaré e Cidade Universitária, nos dois sentidos. Nesse trecho foram registradas 49 ocorrências.

    ACIDENTES COM MORTES -

    Entre os motivos apontados por especialistas para as altas nos acidentes está o aumento das velocidades, que segundo Sérgio Ejzenberg, engenheiro e mestre em transportes pela USP, podem ser aumentadas dentro de um limite seguro, mas não ao custo de vidas.

    Apesar de ter anunciado com o aumento das velocidades uma série de melhorias nas marginais, a gestão Doria ainda não retirou ambulantes que atuam nas vias em meio aos carros e nem os moradores de favelas que se formaram rente à pista, como mostrou reportagem da Folha.

    A prefeitura diz ter cumprido todas as principais promessas. As mudanças também acarretaram em aumento do trânsito nas marginais.

    De acordo com dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), entre janeiro e março deste ano, houve aumento de 75% de lentidão na marginal Tietê no período da manhã e 14% à tarde. Na Pinheiros, o aumento foi de 4% na manhã e 0,5% no período vespertino.

    ACIDENTES COM MOTOS -

    OUTRO LADO

    A gestão Doria afirma que não teve acesso ao estudo e, por isso, não comenta os dados apresentados. A CET diz que a PM usa uma metodologia diferente e leva em consideração acidentes nas alças de acesso e nas pontes, locais onde não houve readequação de velocidade.

    "Até agora, nenhum dos acidentes fatais ocorridos este ano, por exemplo, sugere a velocidade como causa", afirmou o órgão.

    ACIDENTES COM VÍTIMAS -

    Edição impressa

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024