• Educação

    Saturday, 07-Dec-2019 14:43:49 -03
    [an error occurred while processing this directive]

    Psicólogo ajuda competidor a manter rendimento dentro de campo

    CAMILA DE LIRA
    DE SÃO PAULO

    11/05/2014 03h00

    Treinos diários não são os únicos fatores que compõem um bom esportista. Se não tiver equilíbrio mental, o atleta pode colocar tudo a perder. "Com toda certeza, o que vai definir quem vence, em qualquer esporte, é o momento psicológico do atleta ou da equipe. Isso precisa ser trabalhado", diz o Rodrigo Falcão, psicólogo do esporte.

    Kátia Rúbio, ex-presidente da Associação Brasileira de Psicologia do Esporte e atual professora da USP, explica que o psicólogo promove o autoconhecimento do atleta, bem como a melhora do seu rendimento no dia a dia.

    Além das competições, esse tipo de profissional pode atuar na iniciação esportiva, com crianças e no apoio à reabilitação.

    Falcão aposta também em outro segmento: "esporte social". Ele supervisiona o Instituto Rugby para Todos, organização que treina crianças na favela de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo.

    É lá onde estagia o estudante Marcelo Villela, 22. No sétimo semestre de psicologia, ele foi jogador de futebol em pequenos times fora do Brasil e escolheu a área por acreditar no papel do esporte para "formar cidadãos". "Esporte ajuda fisicamente, ajuda mentalmente. É uma ferramenta que pode ser bem usada", diz.

    Eduardo Knapp/Folhapress
    Marcelo Villela,22, estudante de psicologia na quadra do Instituto Rugby para Todos, em SP
    Marcelo Villela, 22, estudante de psicologia na quadra do Instituto Rugby para Todos, em São Paulo
    [an error occurred while processing this directive]

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2019