• Esporte

    Tuesday, 16-Aug-2022 10:13:56 -03

    Queda-de-braço põe brasileiro Glover Teixeira em disputa por título do UFC

    EDUARDO OHATA
    DE SÃO PAULO

    26/04/2014 03h00

    Foi pensando que ia fazer queda-de-braço que o brasileiro Glover Teixeira, sem saber lutar, foi a um torneio de boxe, bateu, apanhou, resolveu aprender a lutar, e na madrugada de domingo enfrenta o melhor lutador de MMA da atualidade, Jon Jones.

    O mineiro Teixeira, 34, desafia o americano Jones, 26, pelo cinturão meio-pesado do UFC, principal competição de MMA, em Baltimore (EUA).

    O combate está previsto para acontecer por volta da 1h, com transmissão para o Brasil por pay-per-view.

    Após a derrota do brasileiro Anderson Silva para Chris Weidman, ano passado, Jones o substituiu como o melhor atleta de MMA independente da categoria de peso.

    Durante o período em que viveu como imigrante ilegal nos EUA, Glover, que trabalhou na roça no interior de Minas foi convidado por amigos para ir participar de um torneio de braço-de-ferro.

    Mas, quando chegaram ao local, Glover percebeu que era uma competição de boxe.

    "Os amigos que estavam comigo perceberam que fiquei assim e provocaram, 'está com medinho? Vai embora'", revelou Glover à Folha.

    "Mesmo sem nunca ter lutado, entrei. Saí na porrada com os caras, eu dava meu 'mata-cobra' que chamei de 'o soco da roça'. No dia seguinte, mal podia andar...".

    O brasileiro venceu as duas primeiras lutas, mas parou nas semifinais, frente a um rival que tinha um pouco mais de conhecimento de lutas.

    "Pensei, 'se sem saber lutar cheguei na semifinal, vou treinar, volto ano que vem, venço isso aqui e levo para casa todo esse dinheiro..."

    A tal premiação? US$ 1 mil (por volta de R$ 2,24 mil).

    Glover aprendeu a lutar, participou de torneios de MMA, foi mandado para o Brasil até obter o green card.

    Glover tem 22 vitórias e 2 derrotas. "Seu encostar a mão nele, Jones entra em pânico."

    Ao ser questionado se não revelou sua estratégia ao postar imagens de seus treinos via mídia social, Jones discordou. "Sei lutar como destro, como canhoto, muai thai [boxe tailandês], sei tanto que não importa o que postei...", explicou à *Folha*Jones, que tem 19 vitórias e 1 derrota.

    Divulgação/UFC
    Glover Teixeira, que lutará contra Jon Jones nos Estados Unidos
    Glover Teixeira, que lutará contra Jon Jones nos Estados Unidos

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2022