• Ilustrada

    Thursday, 30-May-2024 09:54:59 -03

    Diretor de "Dragonball Evolution" ficou fascinado pelo mangá

    da Efe, em Los Angeles

    08/04/2009 22h13

    O diretor de "Dragonball Evolution", James Wong, que faz a primeira adaptação americana do mangá, disse que não sabia praticamente nada sobre a história elaborada pelo japonês Akira Toriyama, mas ficou fascinado quando leu.

    "Dragon Ball", cujo mangá originou o anime que fez legiões de fãs no mundo todo, conta a história do jovem Goku em busca das sete esferas mágicas do dragão, que concedem um desejo a quem as possuir.

    "Não sabia muito sobre 'Dragon Ball' até que o estúdio Fox pediu que me envolvesse no projeto", disse Wong, que dirigiu, entre outros filmes, "O Confronto" ( 2001) e "Premonição" (2000).

    Divulgação
    Goku (Justin Chatwin) em cena de "Dragonball"; diretor afirmou que sabia pouco sobre o mangá antes de projeto
    Goku (Justin Chatwin) em cena de "Dragonball"; diretor afirmou que sabia pouco sobre o mangá antes de projeto

    "O que sabia era pelos meus filhos, que viam 'Dragon Ball Z' no canal de desenhos animados, portanto, na realidade, não conhecia praticamente nada", afirmou.

    No filme, que estreia no Brasil nesta quinta-feira, Goku é interpretado pelo ator americano Justin Chatwin ("Guerra dos Mundos"), enquanto o papel de seu adversário, Lorde Piccolo, ficou com James Marsters, o vampiro Spike de "Buffy, a Caça-Vampiros".

    O elenco é completado com Emmy Rossum, no papel de Bulma, e Chow Yun-Fat, como Mestre Roshi.

    "Sabia perfeitamente que, da mesma forma que eu, havia muita gente que não estava familiarizada com o mangá", disse Wong.

    Divulgação
    Ator Yun-Fat Chow interpreta o mestre Roshi na adaptação do quadrinho japonês para o cinema
    Ator Yun-Fat Chow interpreta o mestre Roshi na adaptação do quadrinho japonês para o cinema

    "Portanto, pensei que esta era uma grande oportunidade para atrair as pessoas a este mundo e fazer com que lessem o mangá, que é o canal narrativo perfeito para 'Dragon Ball'", afirmou ainda o diretor.

    "Quando passei a fazer parte do projeto, já havia um roteiro, obra de Ben Ramsey, e eu mesmo trabalhei em três ou quatro minutos. No mundo de 'Dragon Ball', tudo é possível e havia muitos elementos fantásticos que quis incluir no filme, mas, na realidade, não nos podíamos permitir", afirmou o diretor.

    Além disso, o cineasta não descartou fazer uma sequência da produção.

    "Dragonball Evolution" dura só 85 minutos, mas, na edição que sairá em poucos meses em DVD, será incluída uma versão mais longa, com cenas que foram eliminadas ou cortadas no cinema.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024