• Ilustrada

    Wednesday, 23-Sep-2020 10:35:18 -03

    Há 50 anos, "O Pagador de Promessas" dava ao país única Palma até hoje

    DE SÃO PAULO

    23/05/2012 21h41

    Há exatos 50 anos, o filme "O Pagador de Promessas" ganhava o 15º Festival de Cannes. A Folha noticiou o fato no dia 24 de maio.

    O filme de Anselmo Duarte foi a única produção brasileira a conquistar uma Palma de Ouro, reconhecimento máximo do evento.

    Em 1962, jurados como François Truffaut preferiram o drama de Zé do Burro (Leonardo Villar) --que arrasta uma pesada cruz do interior da Bahia até Salvador, em nome da saúde de seu asno-- a filmes hoje clássicos, como "Cléo de 5 a 7", de Agnés Varda, "O Anjo Exterminador", de Luis Buñuel, "O Eclipse", de Michelangelo Antonioni, e "O Processo de Joana D'Arc", de Robert Bresson.

    No ano seguinte, o longa foi indicado ao Oscar de filme estrangeiro. Perdeu para "Sempre aos Domingos", do francês Serge Bourguignon.

    Reprodução
    A Primeira Página registra vitória do filme de Anselmo Duarte em Cannes
    A Primeira Página registra vitória do filme de Anselmo Duarte em Cannes

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2020