• Ilustrada

    Thursday, 25-Apr-2024 03:16:26 -03

    Espetáculo teatral mistura Facebook, performances e encontros fora de cena

    MARCIO AQUILES
    DE SÃO PAULO

    30/10/2012 19h03

    Três semanas de imersão em uma realidade ficcional. Com esta proposta, a estreante Excompanhia de Teatro criou "Eu - Negociando Sentidos", espetáculo híbrido que mistura teatro, performance e happening.

    Após adicionar os personagens fictícios no Facebook, o espectador conhece a trama de um casal que está de mudança para São Paulo.

    Esses avatares estão frequentemente conectados na rede social, estabelecendo contato para conversar no bate-papo e envolver cada participante individualmente no enredo.

    A primeira apresentação é uma festa, em uma casa cujo endereço é relevado aos espectadores pelos personagens.

    Deste momento em diante, ocorre uma experiência artística que, apesar do roteiro predefinido, permite o surgimento de dramaturgias paralelas, uma vez que o público também interage entre si, e não apenas com os atores.

    Os três atos da apresentação ocorrem em quintas-feiras sequenciais.

    O ineditismo da projeto está em permitir que os espectadores encontrem os personagens ao longo dessas três semanas, seja para tomar um café ou bater um papo.

    E tudo isso acontece fora do espaço cênico da casa, em horários e locais a serem combinados, como em um encontro real, experiência que alavanca a peça aos extremos do que seria o naturalismo teatral utópico.

    "O espetáculo surgiu da nossa necessidade em colocar a obra de arte como um espaço fértil para o encontro entre as pessoas e suas individualidades, de colocar o indivíduo dentro da obra e responsabilizá-lo por sua essência", afirma o diretor Gustavo Vaz.

    A casa onde se passa o cerne do espetáculo abriga câmeras escondidas, colhendo as imagens que serão usadas para a criação de um documentário ficcional a ser lançado em 2013.

    Como a performance envolve eventos paralelos que espalham os espectadores pela casa e seus arredores, o filme seria uma forma de apreender a experiência do espetáculo em sua totalidade.

    "Existem cenas que acontecem longe dos olhos do público durante os encontros, e que só serão descobertas aos que assistirem a 'docuficção'. No filme, a discussão sobre o que é realidade e ficção é aprofundada, misturando ensaios, depoimentos dos atores e do público, e cenas dos encontros", conta Vaz.

    Os idealizadores Gustavo Vaz e Bernardo Galegale foram convidados para participar de uma residência artística em Munique, na Alemanha, de fevereiro a março de 2013, como parte do programa Plus Brasil.

    O espetáculo seguirá o mesmo conceito da montagem brasileira, mas será conduzido com atores alemães.

    EU NEGOCIANDO SENTIDOS
    QUANDO 15, 22 e 29 de novembro
    ONDE local revelado pelo Facebook após a compra do ingresso
    Bilheteria do Teatro do Centro da Terra (r. Piracuama, 19; tel. 0/xx/11/3675-1595)
    QUANTO R$ 90 (vale para as três apresentações)
    CLASSIFICAÇÃO 18 anos

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024