• Ilustrada

    Wednesday, 10-Aug-2022 11:24:05 -03

    Quadro de Delacroix é vandalizado por mulher em filial do museu do Louvre

    DE SÃO PAULO

    08/02/2013 08h48

    O famoso quadro "A Liberdade Guiando o Povo", de Eugène Delacroix (1798-1863), foi vandalizado por uma mulher no museu do Louvre em Lens, no norte da França, anunciou o estabelecimento cultural.

    Perito identifica modelo de "A Origem do Mundo", de Courbet
    Retrato de amante de Modigliani é vendido por R$ 84 milhões
    Whitney Houston ganha estátuas de cera no Madame Tussauds

    A mulher, que visitava na tarde da última quinta-feira (7) a nova sucursal do Louvre em Lens, escreveu a inscrição "AE911" na parte de baixo do quadro com um marcador negro, antes de ser detida por um guarda do museu e por outro visitante, indicou o comunicado.

    À polícia francesa, a mulher de 28 anos não explicou o significado da sequência de letras e números escritas sobre a pintura.

    As autoridades especulam que a inscrição remeta ao grupo americano "Architects & Engineers for 9/11 Truth" (AE911), fundado em 2006 e que reivindica a reabertura da investigação sobre o ataque contra o World Trade Center, em Nova York, em 11 de setembro de 2001.

    O incidente ocorreu pouco antes do fechamento do museu, inaugurado em 4 de dezembro em Lens, uma das zonas mais castigadas economicamente no país.

    Este quadro, um dos que atraem mais visitantes ao Louvre, foi transferido a Lens em dezembro, poucos dias antes da inauguração da nova sucursal do museu.

    "À primeira vista, a inscrição, superficial, poderá ser limpa facilmente", indicaram o museu do Louvre parisiense e sua sucursal em Lens.

    O diretor do departamento de pintura do Louvre, Vincent Pomarède, viajará nesta sexta-feira a Lens para examinar os estragos, e uma restauradora viajou ainda na quinta-feira para fazer uma primeira avaliação, indicou o museu.

    A Revolução de Julho 1830 na França fez Delacroix pintar "A Liberdade Guiando o Povo".

    A insurreição de 27, 28 e 29 de julho daquele ano, também conhecida como "Os Três Gloriosos", reuniu o povo de Paris e as sociedades secretas republicanas, lideradas pela burguesia liberal, contra a violação da Constituição pelo governo do rei Carlos 10.

    Testemunha dos acontecimentos, Delacroix traduziu na pintura o fervor romântico que inspirou o levante francês.

    Other Images
    Quadro "A Liberdade Guiando o Povo", de Eugène Delacroix, vandalizado por visitante no Louvre
    Quadro "A Liberdade Guiando o Povo", de Eugène Delacroix, vandalizado por mulher em filial do Museu do Louvre

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2022