• Ilustrada

    Friday, 21-Jun-2024 06:52:28 -03

    Crítica: Filme 'Xingu' é épico da tolerância e do humanismo

    INÁCIO ARAUJO
    CRÍTICO DA FOLHA

    10/10/2013 04h48

    Fernando Meirelles, produtor de "Xingu" (TC Action, 18h20; 12 anos) disse certa vez, em vista do relativo fracasso do filme (que teve uns 500 mil espectadores), que "brasileiro não gosta de filme de índio".

    Uma simpática meia verdade. A rigor, brasileiro não gosta de nada que não se pareça com novelas de televisão. Foi treinado para isso, anos a fio.

    Mas não é apenas isso. O filme de Cao Hamburger é, afinal, um épico da tolerância, do humanismo; um elogio desse Brasil onde cabiam todos, inclusive os índios.

    Essa imagem que os irmãos Villas Bôas ajudaram a disseminar hoje parece um tanto fora de moda. Somos a nação dos condomínios fechados: cada um contra o mundo. Não há espetáculo que mude isso.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024