• Ilustrada

    Thursday, 26-May-2022 21:53:02 -03

    Crítica: Argentino 'Coração de Leão' deixa gosto amargo de preconceito

    SYLVIA COLOMBO
    DE SÃO PAULO

    19/06/2014 02h42

    Tanto o diretor Marcos Carnevale quanto o ator Guillermo Francella já tiveram momentos melhores. O primeiro, como diretor de "Elsa & Fred" (2005), que tratava do amor na velhice com humor melancólico, e de "Viúvas" (2011), bom pastelão feminino sobre a traição.

    Já o segundo, no papel dramático do melhor filme argentino da última década, "O Segredo dos Seus Olhos" (2009), vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro.

    Infelizmente, "Coração de Leão - O Amor Não Tem Tamanho" não é refinado como a elogiada produção recente do país vizinho. A aposta aqui é na comédia romântica apelativa de trama banal.

    León (Francella) é um homem que mede 1,36 m e quer conquistar Ivana, uma bela advogada divorciada, interpretada por Julieta Díaz.

    Divulgação
    Os atores Guillermo Francella, como León, e Julieta Díaz, como Ivana, em cena de 'Coração de Leão'
    Os atores Guillermo Francella, como León, e Julieta Díaz, como Ivana, em cena de 'Coração de Leão'

    Para isso, conta com uma lábia afiada que a encanta, mas que, ao mesmo tempo, a deixa diante de um dilema. Sua família e seus amigos aceitarão sua relação com um sujeito tão baixo?

    Seguem-se situações que expõem o mundo de preconceitos no qual vive uma família de classe média de Buenos Aires. Também a aparente impossibilidade de o discurso politicamente correto pegar num universo já corrompido. A secretária de Ivana resume a situação da chefe quando conclui, de forma exagerada: "Somos todos nazistas".

    A crítica embutida é válida. Porém, é cruel concluir que toda a trama se mantém apenas porque a hesitação de Ivana se deve ao fato de que León tenha dinheiro.

    Sim, o homem é baixo, porém é dono de uma bela casa com piscina e tem como hobby saltar de parapente no Rio de Janeiro.

    Se, por um lado, o filme quis chamar a atenção sobre como a burguesia portenha trata mal quem é diferente, por outro, conclui que a única possibilidade de um homem tão baixo ser amado é se ele for rico.

    Assim, as situações cômicas, se fazem rir ao desmontar um preconceito, deixam um gosto amargo ao expor outro.

    CORAÇÃO DE LEÃO - O AMOR NÃO TEM TAMANHO (CORAZÓN DE LEÓN)
    DIREÇÃO Marcos Carnevale
    PRODUÇÃO Argentina, 2013
    ONDE Mooca Shopping Cinemark e circuito
    CLASSIFICAÇÃO 12 anos
    AVALIAÇÃO ruim

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2022