• Ilustrada

    Wednesday, 29-Jun-2022 09:43:42 -03

    Filme '...E o Vento Levou' completa 75 anos; veja curiosidades

    DE SÃO PAULO

    15/12/2014 17h58

    "Francamente, minha querida, eu não dou a mínima", diz Rhett Butler, pela primeira vez, para Scarlett O'Hara, em 15 de dezembro de 1939, data da primeira exibição do filme "...E o Vento Levou".

    O filme do diretor Victor Fleming acompanha a vida de nobres confederados durante a Guerra de Secessão americana, de 1861 a 1865, no Estado da Georgia e é, até hoje, um dos grandes blockbusters da história de Hollywood —arrecadou, apenas nos Estados Unidos, cerca de US$1,6 bilhão (R$4,3 bi) em valores atuais, segundo a CNN.

    "...E o Vento Levou" ganhou oito Oscar, incluindo o de melhor filme, melhor atriz coadjuvante, melhor atriz, melhor direção e melhor roteiro.

    Divulgação
    Clark Gable e Vivien Leigh em cena do filme 'E o Vento Levou', de Victor Fleming
    Clark Gable e Vivien Leigh em cena do filme 'E o Vento Levou', de Victor Fleming

    Veja algumas curiosidades sobre "...E o Vento Levou":

    1. Hattie McDaniel, que interpreta Mammy, a ama de Scarlett, foi a primeira atriz negra a vencer um Oscar, como Melhor Atriz Coadjuvante —mas não pode ir à première do filme em Atlanta por causa das leis de segregação racial que vigoravam na Georgia.

    2. Apesar do Oscar de McDaniel, o filme tem passagens racistas, como a cena em que o pai de Scarlett a adverte para "tomar cuidado com os inferiores —especialmente os 'escurinhos'". Malcolm X, um dos líderes do movimento negro americano na década de 1960, disse que a personagem Prissy (Butterfly McQueen) o fazia querer se "esconder embaixo do tapete".

    3. A atriz que interpreta a protagonista sulista Scarlett O'Hara é Vivien Leigh, uma atriz britânica —e o ator que interpreta uma de suas paixões, Ashley Wilkes, é o também britânico Leslie Howard.

    4. Apesar da beleza de Leigh, o livro que inspirou o filme, de Margareth Mitchell, começa dizendo que "Scarlett O'Hara não era bonita, mas os homens mal o percebiam quando estavam enfeitiçados por seu charme (...)"

    5. A cena em que Scarlett foge de uma Atlanta em chamas foi feita com fogo de verdade: os produtores incendiaram antigos cenários de filmes, como o de "King Kong", de 1933.

    6. Leigh dá um tapa real em Butterfly na cena em que a escrava Prissy diz que não sabe nada sobre dar à luz, levando a atriz às lágrimas.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2022