• Ilustrada

    Sunday, 03-Mar-2024 16:40:02 -03

    Prefeitura do Rio fixa 5º prazo para inauguração do Museu do Amanhã

    DO RIO

    18/08/2015 02h30

    Já foram quatro adiamentos desde 2011. A Prefeitura do Rio de Janeiro afirma que agora vai: segundo o órgão informou à Folha nesta segunda-feira (17), a inauguração do Museu do Amanhã, uma das principais obras de revitalização da zona portuária da capital fluminense, acontecerá até o fim do ano.

    O prefeito Eduardo Paes (PMDB) disse que 98% das obras, na praça Mauá (centro da cidade), estão concluídas.

    Ainda falta finalizar instalações de vídeos e jogos e o sistema de ar-condicionado.

    Felipe Hanower/Folhapress
    Obras do Museu do Amanhã, na Praça Mauá, centro da cidade do Rio de Janeiro. A instalação é umas das obras prometidas para as olimpíadas de 2016
    Obras do Museu do Amanhã, na Praça Mauá, centro da cidade do Rio de Janeiro. A instalação é umas das obras prometidas para as olimpíadas de 2016

    A construção começou no início de 2010. Deveria terminar em 2011. Após postergar duas vezes a estreia, Paes afirmou que o museu abriria as portas no aniversário do Rio, em março de 2015 –"um presente para a cidade".

    No entanto a prefeitura adiou novamente a inauguração, para o último trimestre de 2015. Alegou que esperava a chegada de equipamentos estrangeiros.

    Em janeiro, um protesto de cerca de 400 trabalhadores contra a morte de um operário eletrocutado também paralisou a obra.

    BROMÉLIA

    O projeto, orçado em R$ 215 milhões, é do premiado arquiteto espanhol Santiago Calatrava. Alguns comparam seu formato com o de uma folha ou uma flor (a bromélia).

    Museu do amanhã

    Calatrava é responsável por obras polêmicas. É o cados de uma ponte em Veneza (Itália) com falhas na estrutura e da Ópera de Valencia, na Espanha, que foi interditada após pedaços de sua cobertura de azulejos despencarem (leia ao lado).

    Com uma área de 30 mil metros quadrados, o Museu do Amanhã usará ambientes audiovisuais, instalações interativas e jogos para falar sobre o futuro.

    O museu, uma PPP (Parceria Público Privada) com a Fundação Roberto Marinho, já definiu as exposições de longa duração divididas em cinco áreas principais: Cosmos, Terra, Antropoceno, Amanhã e Imaginação.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024