• Ilustrada

    Saturday, 07-Dec-2019 14:20:52 -03

    Vocalista de banda de metal chama mãe no palco do Rock in Rio

    THALES DE MENEZES
    ENVIADO ESPECIAL AO RIO

    19/09/2015 16h10

    A banda brasileira de metal Noturnall fez o primeiro show do segundo dia do Rock in Rio 2015 e apresentou o cover mais inusitado dos 30 anos do festival: a mãe do vocalista cantando "Woman in Chains", da dupla oitentista e nada metal Tears For Fears.

    Há uma explicação: Maria Odette é uma cantora que teve popularidade nas décadas de 1960 e 1970. Seu dueto com o pimpolho Thiago tem até clipe, que inclusive foi exibido no telão enquanto a mama estava no palco.

    O Noturnall tem apenas dois álbuns, mas muito tempo de rock. Seus integrantes formavam o Shaman. Quando estavam gravando mais um disco, resolveram zerar a carreira e recomeçar com novo nome.

    O som ficou mais pesado e conseguiu fazer pular uma plateia considerável para um show às 15h15 no palco secundário. Em comparação com o Dônica, que tocou no mesmo local e horário no dia anterior, o público era cerca de dez vezes maior.

    Metaleiros chegam cedo. Muitos ali não estavam esperando apenas o Metallica, mas também o convidado do Noturnall, o vocalista alemão Michael Kiske.

    Conhecido como cantor no Unisonic e, principalmente, no Helloween, ele cantou forte, ovacionado pelo público como herói do gênero em sua primeira vinda ao Brasil. O azar dele foi ser ofuscado por Maria Odette.

    [an error occurred while processing this directive]

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2019