• Ilustrada

    Wednesday, 22-May-2024 01:18:02 -03

    Tame Impala estica canções em show com visual 'chapado' no Lolla

    GIULIANA DE TOLEDO
    DE SÃO PAULO

    12/03/2016 21h21

    Em sua quarta passagem pelo Brasil em uma carreira de menos de dez anos, a banda australiana de rock psicodélico Tame Impala já aprendeu que está diante de uma plateia fiel.

    "Vocês estão se divertindo? Parece que sim", constatou o vocalista Kevin Parker no início da apresentação de pouco mais de uma hora no início da noite deste sábado (12) no palco principal do Lollapalooza.

    Os fãs, que guardavam lugar próximo ao palco bem antes de o show começar, receberam uma oportunidade de apreciar com calma alguns hits e outras faixas menos tocadas. Todas foram executadas longamente, algumas com mais de seis minutos e diversos momentos instrumentais, bem ao estilo dos álbuns dos australianos.

    Entregaram sucessos como "Mind Mischief" e "Let It Happen" no início do show, para então se ocuparem de faixas menos famosas. Nem se preocuparam em ter tempo para sucessos como "'Cause I'm a Man". Só para o fim guardaram o hit "Feels Like We Only Go Backwards", que ganhou coro forte no refrão.

    "New Person, Same Old Mistakes", sensação do disco mais recente, "Currents" (2015), encerrou o show. Recentemente, a canção se espalhou também entre os fãs de música pop, graças a uma regravação de Rihanna no seu novo álbum, "Anti" (2016).

    Visualmente, a banda preferiu chamar atenção para o telão do fundo do palco, com imagens de cores vibrantes e ácidas, enquanto os músicos ficavam na penumbra, somente com uma luz lateral desenhando seus vultos.

    Na saída, o fluxo era grande entre duas tribos: fãs do rapper Eminem, que vai encerrar a noite, disputavam o espaço deixado por quem veio ver o Tame Impala.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024