• Ilustrada

    Tuesday, 12-Nov-2019 20:05:23 -03

    Shia LaBeouf é detido após confusão em protesto contra Trump; veja vídeo

    DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

    26/01/2017 11h30

    AFP/Timothy A. Clary
    US actor Shia LaBeouf(L) during his "He Will Not Divide Us" livestream outside the Museum of the Moving Image in Astoria, in the Queens borough of New York January 24, 2017 as a protest against President Donald Trump. LaBeouf has installed a camera at the Museum of the Moving Image in New York that will run a continuous live stream for the duration of Trump's presidency. LaBeouf is inviting the public to participate in the project by saying the phrase, "He will not divide us," into the camera. / AFP PHOTO / TIMOTHY A. CLARY ORG XMIT: TC050
    O ator Shia LaBeouf protestando na frente do Museu da Cidade de Nova York

    O ator americano Shia LaBeouf foi preso, nesta quinta-feira (26), após se envolver em uma briga na frente do Museu da Cidade de Nova York. Ele protestava desde a posse de Donald Trump no local, dançando e cantando a frase "Ele não vai nos dividir" diante de uma câmera que fazia transmissão ao vivo.

    O ator planejava manter a performance durante os quatro anos de governo Trump. A ideia é que o público fique embaixo da frase pintada na parede e diga a mesma frase para a câmera.

    De acordo com a polícia de Nova York, LaBeouf bateu boca e arrancou o lenço que um homem usava no pescoço, arranhando-o. Um vídeo mostra o momento da confusão envolvendo o ator, que saiu algemado do local.

    Na gravação, o homem agredido diz "Hitler não fez nada de errado". Pelo Twitter, fãs do artista disseram que ele foi atacado por "um nazista" e se defendeu.

    Shia

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2019