• Mercado

    Wednesday, 20-Jan-2021 23:21:28 -03

    Governo acelera usinas nos vizinhos para garantir energia

    DE SÃO PAULO

    14/02/2012 06h01

    O governo brasileiro criou um "plano B" para ampliar a oferta de energia. Para isso, está acelerando um projeto de integração com os países vizinhos, onde pretende construir hidrelétricas conectadas ao Brasil, informa reportagem de Julio Wiziack publicada na Folha desta terça-feira.

    A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

    O principal projeto é com o Peru. A Folha apurou que o acordo binacional com o país está prestes a ser enviado ao Congresso nacional (nos dois países).

    Também avançaram as negociações com Uruguai, Argentina, Bolívia e Venezuela para novos empreendimentos (não somente hidrelétricas). Colômbia, Guiana e Suriname mantêm conversas. Além do governo federal, a Eletrobras é outro pivô desse programa, que também contará com o setor privado.

    Só a Eletrobras pretende acrescentar 18 GW ao sistema com unidades no exterior até 2020. Essa quantidade representa quase um terço do que o Brasil precisa até lá. Essas usinas estarão interligadas por 10 mil km de cabos.

    Ao romper as fronteiras, o Brasil tenta ampliar a margem de segurança para o fornecimento interno de energia no futuro já prevendo atrasos no cronograma das hidrelétricas que serão implantadas em território nacional.

    Editoria de Arte/Folhapress

    Leia mais na edição da Folha desta terça-feira.

    Assine a Folha

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2021