• Mundo

    Monday, 22-Jul-2024 11:44:12 -03

    Ativistas lançam à Coreia do Norte balões com denúncias contra o regime

    DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

    17/01/2014 19h41

    Um grupo de ativistas contrários ao regime norte-coreano lançaram ao país, desde a vizinha Coreia do Sul, balões com CDs, rádios, panfletos e cédulas de um dólar americano contendo informações sobre violações dos direitos humanos na quarta-feira (15).

    A partir da cidade de Paju, a cerca de 3,2 quilômetros da fronteira, também lançaram 1.500 pendrives com artigos em coreano da enciclopédia on-line Wikipedia.

    A ação tem o objetivo de "mostrar aos norte-coreanos a brutalidade de seu dirigente Kim Jong-Un" e animá-los a "se sublevar e acabar com a ditadura", explicou o ativista, Park Sang-Hak.

    Nos balões, estava pintada a frase "o regime deve cair".

    Jung Yeon-Je/AFP
    Na cidade de Paju, próxima à fronteira entre as Coreias, ativistas lançam balões com denúncias em direção à Coreia do Norte
    Na cidade de Paju, próxima à fronteira entre as Coreias, ativistas lançam balões com denúncias em direção à Coreia do Norte

    A ditadura norte-coreana é um um dos regimes mais fechados do mundo, sem sequer conexão à internet.

    No entanto, existe uma rede intranet interna desde 2002, algumas agências governamentais têm sua própria web e, em 2008, foram introduzidos os celulares através de uma empresa conjunta com a egípcia Orascom, mas 95% da população não possui esse tipo de aparelho.

    Além disso, as fronteiras já não são tão herméticas quanto antes. Celulares chineses introduzidos por contrabando permitem telefonar para o exterior. Os DVDs, MP3 e pendrives, introduzidos também ilegalmente, são outras janelas abertas para o estrangeiro.

    Ainda assim, "há claramente na Coreia do Norte uma enorme sede de informação externa", afirmou Thor Halvorssen, presidente da ONG americana Human Rights Foundation.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024