• Poder

    Thursday, 27-Jan-2022 02:18:43 -03

    DEM faz contraproposta para segurar Kassab na sigla

    GABRIELA GUERREIRO
    DE BRASÍLIA

    15/02/2011 20h29

    A direção do DEM vai fazer uma contraproposta ao grupo do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), na tentativa de mantê-lo na sigla.

    Apesar do comando do partido admitir que o prefeito caminha para deixar a sigla, a cúpula tenta uma saída negociada que resulte em uma menor dissidência se o prefeito formalizar a desfliação --sem um racha definitivo entre os democratas.

    Ala de Kassab dá ultimato ao DEM e já prepara saída
    DEM faz apelo para que prefeito de São Paulo permaneça
    Gilberto Kassab articula criação de novo partido

    Pela contraproposta, o ex-senador Marco Maciel (DEM-PE) seria designado presidente do Conselho Político do DEM. Com a ida de Maciel, o senador José Agripino (DEM-RN) assumiria a presidência do partido.

    Por outro lado, seriam abertas vagas na Executiva Nacional do DEM que poderiam ser preenchidas pelos dois grupos --o que na prática enfraquece a ala ligada a Kassab e ao ex-senador Jorge Bornhausen (DEM-SC). A ideia é substituir da Executiva filiados que, atualmente, não estão em plena atividade partidária.

    O grupo ligado ao atual presidente do partido, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acredita que a solução acalmaria o grupo de Kassab. A proposta também ficaria como "intermediária" à feita por Bornhausen, que admite apoiar a eleição de Agripino, desde que a Executiva fosse mantida como está.

    No atual modelo, o grupo de Bornhausen tem força para manter a influência política na sigla, mesmo sob o comando de Maia.

    A bancada da Câmara, porém, reivindica mudanças na Executiva como forma de fortalecer o grupo do atual presidente do DEM. "Fizemos uma contra proposta, aí teríamos maior equilíbrio na Executiva. O grupo que venceu a eleição [ligado a Rodrigo Maia] teria a maioria", disse o deputado Onyx Lorenzonni (DEM-RS).

    Os dois grupos vão manter conversas nesta quarta-feira (16) numa tentativa de solucionar o impasse.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2022