• Poder

    Tuesday, 16-Aug-2022 09:17:11 -03

    o impeachment

    Manifestação pró-Dilma reúne 95 mil pessoas em SP, diz Datafolha

    DE SÃO PAULO

    18/03/2016 21h01

    A manifestação em São Paulo a favor da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nomeado na última quinta-feira (17) ministro-chefe da Casa Civil, atraiu, segundo o Datafolha, 95 mil pessoas à região da avenida Paulista na tarde desta sexta (18).

    Protestos foram realizados em ao menos 45 cidades, incluindo todas as capitais do país, mas a capital paulista teve a maior aglomeração de pessoas –Lula foi à manifestação, onde permaneceu por cerca de uma hora e fez um discurso.

    O PT, um dos organizadores da manifestação (ao lado da CUT e outros movimentos sociais), disse que mais de 500 mil pessoas estiveram nela. A Polícia Militar estimou o público em 80 mil pessoas às 18h45, no auge do movimento.

    O pico de concentração de pessoas, segundo o Datafolha, se deu às 19h, quando 83 mil pessoas estiveram no local; 14 mil permaneceram do início ao fim. A contagem do instituto foi realizada das 16h às 20h30.

    Esses protestos pró-Dilma ocorrem menos de uma semana depois da maior manifestação política já registrada no país pelo Datafolha; no domingo (13), 500 mil pessoas foram à mesma avenida Paulista pedir a saída da presidente Dilma.

    O ato desta sexta também foi o maior já registrado pelo instituto em favor da presidente. Antes dele, a maior concentração em manifestação contra o impeachment de Dilma havia sido medida em 16 de dezembro do ano passado, quando 55 mil pessoas estiveram na região da Paulista.

    METODOLOGIA

    Para a contagem do público em aglomerações como a desta sexta e do último domingo, o Datafolha divide o trajeto da manifestação em quadrantes. Em cada trecho, a partir da densidade do público, os pesquisadores aplicam uma metodologia de contagem.

    Paralelamente, em entrevistas feitas ao longo do protesto, os pesquisadores questionam desde que horas as pessoas estão em marcha.

    A combinação das duas técnicas possibilita medir a taxa de renovação e o público durante todo o ato.

    Edição impressa
    [an error occurred while processing this directive]

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2022