• Tec

    Sunday, 21-Oct-2018 04:49:12 -03

    YouTube anuncia serviço com canais da TV paga por US$ 35 mensais nos EUA

    DE SÃO PAULO

    28/02/2017 18h43

    Danny Moloshok/Associated Press
    Robert Kyncl, YouTube Chief Business Officer, speaks as YouTube unveils "YouTube Red," a new subscription service, at YouTube Space LA offices Wednesday, Oct. 21, 2015, in Los Angeles. (AP Photo/Danny Moloshok) ORG XMIT: CADM201
    YouTube anuncia serviço de canais ao vivo no mercado americano

    O YouTube entrou na disputa com as operadoras de TV a cabo americanas ao anunciar o aplicativo YouTube TV, nesta terça-feira (28). O serviço será liberado nos próximos meses, segundo a companhia.

    Por US$ 35 mensais, os assinantes do serviço terão acesso ao vivo aos principais canais da TV americana, em um aplicativo instalado em smartphones e tablets. O valor dará direito a seis acessos. O serviço também inclui a possibilidade de gravar programas (na nuvem) para assistir quando quiser.

    O lançamento é uma reação do YouTube a concorrentes como SlingTV (Dish), DirecTV Now (AT&T) e PlayStation Vue (Sony). Entre os canais que estarão no YouTube TV estão ABC, CBS, FOX, NBC, ESPN.

    A assinatura do YouTube TV também dará acesso ao serviço por assinatura Red Original, de conteúdos exclusivos da empresa americana.

    Nesta segunda (27), o "Wall Street Journal" noticiou que usuários do YouTube passam mais de 1 bilhão de horas assistindo a vídeos publicados no serviço. Essa audiência alcança a da TV americana, de 1,25 bilhão de horas, segundo estimativa da Nielsen.

    No entanto, o serviço de vídeos da gigante Alphabet, dona do Google, não divulga se essa audiência já se converte em resultados financeiros positivos.

    No Brasil, a oferta de conteúdo de TV por assinatura é restrita aos pacotes vendidos pelas operadoras. Os canais oferecem aplicativos para assistir sua programação pelo celular, mas a senha depende de uma assinatura de TV atrelada a grandes operadoras, como NET, Vivo e Sky.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2018