• Turismo

    Friday, 24-Sep-2021 00:58:06 -03

    Cerejeiras em flor encantam turistas no Japão com a chegada da primavera

    DA ANSA

    06/04/2015 12h13

    No Japão, o desabrochar das flores das cerejeiras é um espetáculo único. Neste período, os jardins ficam cobertos de flores de um tom pálido de rosa que colore os campos e as cidades, que se recuperam do frio do longo inverno.

    Um dos eventos mais esperados da primavera é o festival Sakura Matsuri, realizado na cidade de Mito. Até o dia 15 de abril, o evento convida moradores e turistas a passear pela natureza, entre cerimônias de chá, piqueniques, casamentos e concertos a céu aberto.

    Essa é a melhor ocasião para descobrir as paisagens do Japão, o país que melhor consegue unir tradição e tecnologia, ritos antigos e uma vida moderna. Nestes dias de matsuri (festa tradicional, em japonês), inúmeras cerejeiras floridas decoram pequenos e grandes jardins nipônicos, belíssimos oásis de paz e símbolos da meditação oriental.

    Nasceu nos próprios parques do arquipélago o Hanami, a arte milenar de admirar as flores, que representa um gesto de gratidão às divindades e aos antepassados. E um dos lugares onde essa tradição é seguida é o parque Kairakuen, também na cidade de Mito.

    Considerado um dos jardins mais belos do Japão, ele foi idealizado em 1842 e tem cerca de 13 hectares e 3 mil cerejeiras de mais de 100 espécies diferentes. Nesta época do ano, o parque se transforma no local perfeito para celebrar a chegada da primavera.

    Todos os domingos, por ocasião do festival, acontece um rito de observação das flores, acompanhado pela cerimônia do chá nodate-chakai e do concerto ao ar livre com harpa japonesa Yagai-koto-no-kai. A participação popular é alta, e é muito fácil encontrar visitantes usando os tradicionais kimonos enquanto passeiam entre pequenos lagos.

    Outros jardins para admirar o desabrochar das flores são o Kenroku-en, ao norte de Tóquio, e o Koraku-en, em Okayama. Esses parques também são ricos em templos, lagos, plantas e flores que colorem as áreas verdes.

    A capital japonesa também tem vários locais para celebrar a primavera: o parque Ueno, com suas milhares de árvores, o bairro Shinjuku e o jardim do palácio imperial, onde se pode alugar um barco e navegar pelos seus inúmeros canais.

    Fale com a Redação - leitor@grupofolha.com.br

    Problemas no aplicativo? - novasplataformas@grupofolha.com.br

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2021